Confira tudo sobre Tua Tagovailoa: salário, recordes, estatísticas, curiosidades, sua história no College e como começou na NFL

Tua Tagovailoa é um dos mais interessantes jovens jogadores da NFL. Mesmo com porte físico, estilo de jogo e até uma origem diferente da maioria dos quarterbacks de sucesso do futebol americano, ele tem tudo para ser uma estrela.

Ao que parece, Tua parece estar fadado a se juntar à classe de QBs diferenciados, que tiram arremessos da cartola e decidem partidas quando menos se espera. Assim como Patrick Mahomes ou Cam Newton. Pelo menos é o que falam os mais empolgados analistas da NFL.

Será que é tudo isso? Ou ele pode mais? Independente do futuro de Tua Tagovailoa, o seu passado está todo registrado. E pode ser conferido abaixo, no conteúdo que produzimos com a mesma precisão e criatividade dos passes do jovem havaiano.

Quem é Tua Tagovailoa?

Tua Tagovailoa no Dolphins
(Divulgação/NFL)

Tuanigamanuolepola Tagovailoa, ou somente “Tua”, é um jogador profissional futebol americano natural de Ewa Beach, Havaí, Estados Unidos. Nascido no dia 2 de março de 1998, atua desde 2020 como quarterback no Miami Dolphins, time da NFL.

Tua é tido como um atleta diferenciado para a sua posição. Primeiro por seu porte físico, mais baixo do que a média só que com um peso maior do que a sua velocidade indica. Depois, é elogiado pela qualidade e criatividade nos passes, que são adaptáveis e bastante precisos.

Segundo especialistas, tem tudo para ser um grande “pocket passer” na NFL, ideal para jogadas mais dinâmicas e velozes, e com a capacidade de criar jogadas em momentos de aperto.

Foi justamente com essas qualidades que Tua Tagovailoa liderou o Alabama Crimson Tide ao título da NCAA de 2017 e ao vice-campeonato de 2018 e se colocou como um dos principais prospectos do Draft de 2020 — foi escolhido na quinta posição, o segundo melhor ranqueado quarterback.

Seu talento e capacidade de liderança — que foram decisivos para o jogo do título de 2017 do Alabama — superaram inclusive o temor e a insegurança de uma lesão complicadíssima que sofreu em novembro de 2019, quando deslocou o quadril e pôs em risco toda a sua carreira.

Altura do Tua Tagovailoa

Tua Tagovailoa mede 1,83m de altura. Ele é o mais baixo entre os três primeiros quarterbacks do Draft de 2020: Joe Burrow, a pick nº 1, tem 1,93m; Justin Herbert, escolhido na sexta posição, mede 1,98m.

Peso do Tua Tagovailoa

Tua Tagovailoa pesa exatos 100kg, ou 220 libras, como preferem usar na NFL. É uma medida grande se comparada ao seu tamanho, mas que não impacta em sua absurda agilidade, especialmente na hora de se desvencilhar de defensores.

Quais foram os times do Tua Tagovailoa?

Tua Tagovailoa atuou em apenas três times até aqui:

  • A equipe do Saint Louis Highschool, no colegial
  • O Alabama Crimson Tide Football, da Universidade de Alabama
  • O Miami Dolphins, da NFL

Quando Tua Tagovailoa começou na NFL

Tua Tagovailoa começou na NFL na temporada 2020-2021. Foi draftado pelo Miami Dolphins em 2020, na quinta escolha. Estreou no dia 18 de outubro de 2020, contra o New York Jets, na Semana 6 do campeonato.

História do Tua Tagovailoa

Tua Tagovailoa no College
(Reprodução)

Por algum motivo, os pais de Tua Tagovailoa não queriam que ele jogasse futebol americano. Melhor dizendo, queria que praticasse outros esportes. O beisebol era a opção favorita do pai, por conta da destreza do garoto com o braço esquerdo.

Mas o pequeno Tuanigamanuolepola (saúde!) não via muita graça do esporte das bases e das bolas. Nem basquete, que era até mais divertido, ele se animou. Agora, com a bola oval desenvolveu uma verdadeira paixão.

De dia, a arremessava para mais de 30 jardas enquanto garotos da sua idade mal passavam das 10. De noite, a levava para o lugar de honra da sua cama e acordava com ela nos seus braços. Não tinha jeito, Tua era do futebol americano.

Na Saint Louis High School, o colégio com o melhor time de Ewa Beach, no Havaí, Tua Tagovailoa mostrou rapidamente o seu entendimento com a bola oval. Atuando como quarterback, lançou mais de duas mil jardas e para mais de 30 touchdowns (e apenas três interceptações).

No seu último ano, mesmo mais visado e com sete interceptações, subiu para quase três mil jardas arremessadas e para 27 TDs. Foi escolhido para a Elite 11 2016, competição de quarterbacks colegiais, e bateu Trevor Lawrence para ser eleito MVP. No conjunto da obra, foi classificado como um prospecto de 4 estrelas.

História do Tua Tagovailoa no Colege Football

Entre 17 ofertas, Tua Tagovailoa escolheu se juntar à Universidade de Alabama em 2017, que tinha sido a vice-campeã da NCAA de 2016 (a final foi disputada em janeiro de 2017).

Como calouro, Tua começou naturalmente sendo o quarterback reserva. Graças, porém, a algumas vitórias arrasadoras da sua equipe, ganhou muitos minutos com as partidas resolvidas para se desenvolver.

Mostrou tanta precisão e habilidade que o seu treinador não pensou duas vezes em colocá-lo no meio da finalíssima da NCAA. O Crimson Tide vinha perdendo e o titular vinha falhando, afinal.

A história de verdade de Tua Tagovailoa começa no momento em que ele entra em campo no Mercedes-Benz Stadium. Com o placar e todo o jogo desfavorável, o QB faz uma partidaça: arremessa para 166 jardas, 3 touchdowns e mais de 50% de eficiência.

Melhor ainda, faz, no último lance do jogo — que ele já tinha ajudado a levar para a prorrogação — um passe de 41 jardas que termina no touchdown e na vitória do time de Alabama. Tua, claro, foi eleito o MVP ofensivo da partida.

A temporada fantástica e o vice de 2018

Na temporada seguinte, a nova sensação do College Football acompanhou com destreza toda a fama, o hype e a marcação especial colocadas sobre ele. Fez uma temporada absurda, arremessando para quase quatro mil jardas e 43 touchdowns.

Só ficou faltando o bicampeonato da NCAA. Até chegou à final, mas levou a “vingança” de Trevor Lawrence e o Alabama acabou só com o vice. Ainda assim, a temporada não pode ser apagada: Tua recebeu um sem-fim de prêmios celebrando sua fantástica temporada.

A temporada universitária de 2019 via mais do mesmo de um dos já grandes prospectos da NFL. Tua já tinha passado dos 33 touchdowns passados, estava batendo mais de 70% de eficiência e caminhava para ultrapassar as quatro mil jardas quando enfrentou um dos mais complicados momentos da sua vida.

Foi numa partida contra Mississipi State, em novembro de 2019, que Tua Tagovailoa tomou um sack e lesionou-se seriamente. Além de uma concussão e um nariz quebrado, o jovem deslocou seu quadril. Perdeu o restante da temporada, obviamente.

Vá além do Futebol Americano:

Como Tua Tagovailoa começou na NFL

Tua Tagovailoa na NFL
(Matt KartozianUSA TODAY Sports)

A lesão de Tua Tagovailoa, por sorte e por muita competência de todos os envolvidos em sua recuperação, não se agravou ao ponto de encerrar a sua carreira. Tanto que o jogador se declarou para o Draft da NFL de 2020 e foi simplesmente a quinta escolha geral, feita pelo Miami Dolphins.

O garoto começou a temporada 2020-2021 já recuperado de sua lesão, mas ainda assim como reserva imediato do veterano Ryan Fitzpatrick. Mas todo nós sabemos onde isso vai dar.

Tua fez a sua estreia na NFL na semana 6, entrando no último quarto da partida que já estava em 24-0 contra o New York Jets. Acertou os dois passes que deu e impressionou ao ponto de se tornar o titular na partida seguinte, contra o Los Angeles Rams.

Foi tímido em sua primeira partida como titular, arremessando para menos de 100 jardas e com apenas um touchdown passado. O Dolphins venceu, ainda assim.

Nas duas partidas seguintes, estourou: passou para dois TDS e para mais 200 jardas contra o Cardinals; contra o Chargers, foram 169 jardas e novamente dois TDs. O Miami venceu as duas partidas. Ele não foi interceptado nenhuma vez.

O saldo de seu começo foi literalmente histórico, ajudando a levar o Dolphins (dono de uma excelente defesa, é bom dizer) a um 6-3 nos primeiros jogos, algo que não acontecia desde 2001.

Tua Tagovailoa tem ainda um longo caminho pela frente, mas que pode ser brilhante. As ferramentas ele tem, assim como o ambiente favorável. O resto é com ele. A ver!

Estatísticas de Tua Tagovailoa no College

  • Temporadas: 2017 2018, 2019
  • Jogos (Titular): 32 (24)
  • Jardas (Passe): 7,442
  • Aproveitamento: 69,3%
  • Touchdown (Passe): 87
  • Interceptações: 11
  • Jardas (Corridas): 348
  • Touchdowns (Percorrido): 9

As estatísticas acima são mais consolidadas, do período do jogador no college. Você pode acessar as estatísticas completas de Tua Tagovailoa na NFL aqui.

Títulos do Tua Tagovailoa

Tua Tagovailoa conquistou o título da nacional da NCAA, o chamado College Football National Championship (CFP), de 2017. Foi inclusive eleito o MVP ofensivo da partida.

Prêmios e recordes do Tua Tagovailoa

  • Recorde de rating de passe em uma temporada do College Football: 199,4 (2018)
  • Melhor passador jardas/tentativas da Universidade de Alabama: 10,9 (2018)
  • Melhor passador jardas/jogadas da Universidade de Alabama: 9,8 (2018)
  • MVP ofensivo da final do campeonato nacional do College Football (2017)
  • Prêmio Maxwell Award (2018)
  • Prêmio Walter Camp (2018)
  • Jogador ofensivo do Ano da Conferência Sudoeste da NCAA (2018)
  • Prêmio Sporting News de Jogador Universitário do Ano (2018)

Curiosidades sobre Tua Tagovailoa

  • Tua Tagovailoa tem uma característica curiosa: é destro, mas faz os lançamentos com o braço esquerdo
  • A primeira compra que Tua fez após assinar com o Miami Dolphins foi um carro, para a sua mãe. Comprou outros dois em seguida, para ele mesmo
  • Tua Tagovailoa se formou na Universidade de Alabama em agosto de 2020 com um diploma em Comunicação

Qual o salário de Tua Tagovailoa?

Quando se juntou à NFL, Tua Tagovailoa assinou um contrato de 4 anos com o Miami Dolphins no valor de US$30,2 milhões, mais bônus de US$19,6 milhões. A média anual do seu salário é de US$ 7,5 milhões. Por mês, é um valor que progride anualmente:

  • 2020: US$ 610.000
  • 2021: US$ 780.000
  • 2022: US$ 895.000
  • 2023: US$ 1.010.000

Curtiu a história de Tua Tagovailoa? Então aproveite para ler mais conteúdos sobre futebol americano:

*Última atualização em 3 de dezembro de 2020

Salvar