Tudo da carreira de Aaron Rodgers: trajetória no college, chegada à NFL e marcas históricas do quarterback do Green Bay Packers 

Você conhece a estatística chamada de passer rating? Numa escala de 0 a 158,3, ela determina a eficiência de um quarterback na NFL. Em toda a história da liga, ninguém foi tão eficiente quanto Aaron Rodgers.

O camisa 12 do Green Bay Packers é conhecido pela precisão de seus passes e também por lançamentos milagrosos quando o cronômetro está perto de zerar. 

Aaron Rodgers ainda está longe da aposentadoria, mas já pode ser considerado um dos melhores quarterbacks da história da NFL.

Fique com a gente para conhecer todos os detalhes dessa lenda viva do futebol americano! 

Quem é Aaron Rodgers?

Aaron Rodgers quarterback Green Bay Packers
Quarterback Green Bay Packers, Aaron Rodgers foi duas vezes eleito MVP da NFL

Aaron Rodgers é um jogador de futebol americano nascido em 2 de dezembro de 1983, na cidade de Chico, na Califórnia. Desde 2005, ele é quarterback do Green Bay Packers, na NFL.

O camisa 12 dos Packers já está na história do futebol americano como um dos grandes jogadores do esporte. Em 2011 e 2014, ele recebeu o prêmio de MVP da NFL.

Rodgers foi também o MVP do Super Bowl XLV, quando liderou o Green Bay Packers na vitória sobre o Pittsburgh Steelers por 31 a 25.

Entre os recordes individuais da NFL, Aaron Rodgers é o dono de duas marcas que mostram sua eficiência como quarterback. Ele tem o melhor passer rating da história da liga, à frente de Russell Wilson, Drew Brees e Tom Brady.

Na estatística que analisa o percentual de passes completos, jardas, touchdowns e interceptações por tentativa, Rodgers tem também a melhor marca de uma temporada. Em 2011, ele alcançou passer rating de 122,5.

Antes de ostentar marcas expressivas na NFL, o quarterback já acumulava recordes no futebol americano universitário. Saiba mais sobre essa história logo abaixo!

Como foi a trajetória de Aaron Rodgers no college football?

Aaron Rodgers na Universidade da Califórnia
Aaron Rodgers foi quarterback da Universidade da Califórnia

No futebol americano universitário, Aaron Rodgers defendeu a Universidade da Califórnia em Berkeley, onde estabeleceu diversos recordes, incluindo o de menor percentual de interceptações. Contudo, sua história no college football começou com pouca badalação.

No high school, Rodgers jogou por Pleasant Valley High School. Ele quebrou a maioria dos recordes de quarterbacks de sua escola e teve um currículo escolar brilhante, formando-se com média A-.

Era de se esperar que Aaron Rodgers tivesse boas propostas para o futebol americano universitário americano, certo? Mas não foi isso que aconteceu. Sua baixa estatura ao fim do high school e a campanha fraca de seu time não despertaram a atenção das principais universidades.

Rodgers recusou um convite de Illinois e cogitou abandonar o futebol americano para focar nos estudos em direito. Ele acabou partindo para Butte Community College, em Oroville, a 25 km de Chico, cidade onde nasceu.

Com bom desempenho na universidade perto de sua terra natal, Aaron Rodgers viu seu destino no futebol americano universitário mudar quando foi observado pelo treinador Jeff Tedford, da Universidade da Califórnia.

Tedford recrutou Aaron Rodgers e logo no quinto jogo da temporada de 2003 deu a vaga de quarterback titular ao garoto.

Em dois anos como quarterback da Universidade da Califórnia, Aaron Rodgers manteve um histórico impressionante pelos Golden Bears. Foram 5.469 jardas, 43 touchdowns e somente 13 interceptações.

O baixo índice de interceptações foi um dos principais pontos de atenção para as franquias da NFL quando Aaron Rodgers participou do draft de 2005.

Como Aaron Rodgers chegou à NFL?

Aaron Rodgers no draft da NFL
Aaron Rodgers foi escolhido pelos Packers na 24ª escolha no draft da NFL de 2005

Aaron Rodgers foi draftado pelo Green Bay Packers na 24ª escolha de 2005. Apesar de ele ter sido escolhido na primeira rodada, a posição foi considerada “tardia”. 

Muitos analistas indicavam que o quarterback da Universidade da Califórnia poderia ser selecionado na primeira posição geral pelo San Francisco 49ers.

O próprio Aaron Rodgers vivia a expectativa de ser selecionado pelos 49ers, equipe pela qual ele torcia na infância. Porém, a franquia de San Francisco recrutou o também quarterback Alex Smith, de Utah.

Todas as outras 22 escolhas feitas antes de Aaron Rodgers não foram de quarterbacks. As franquias priorizaram posições em que enxergavam fraquezas em seus elencos. 

A escolha na 24ª posição se mostrou uma ótima alternativa para o amadurecimento de Aaron Rodgers. Afinal, ele foi escolhido para ser o sucessor da lenda Brett Favre no Green Bay Packers.

Nas três primeiras temporadas na NFL, Rodgers ficou no banco de reservas. Ele assumiu a vaga no time titular quando Brett Favre anunciou sua aposentadoria em março de 2008.

Embora Favre tenha recuado de sua decisão, os Packers bancaram a escolha de Rodgers como titular e negociaram o veterano com o New York Jets.

Com a confirmação de Aaron Rodgers como titular, os Packers encerraram uma era de Brett Favre iniciando todos os jogos da franquia desde 1992.

Na primeira temporada de Rodgers como o quarterback titular, o Green Bay Packers teve 6 vitórias e 10 derrotas, ficando fora dos playoffs. Aquela foi a única vez que o camisa 12 não levou a equipe à pós-temporada.

Em 2009, os Packers encerraram a temporada regular com 11 vitórias e 5 derrotas. Na rodada de wild card, o time liderado por Aaron Rodgers caiu na prorrogação diante do Arizona Cardinals, por 51 a 45.

Foi em 2010 que Aaron Rodgers atingiu o ápice de sua trajetória na NFL, liderando os Packers a mais um título do Super Bowl!

Quantos títulos tem Aaron Rodgers?

Aaron Rodgers campeão do Super Bowl XLV pelo Green Bay Packers
Aaron Rodgers foi campeão e eleito o MVP do Super Bowl XLV

Aaron Rodgers tem um título de Super Bowl na sua carreira. O quarterback liderou a vitória do Green Bay Packers sobre o Pittsburgh Steelers, por 31 a 25, na edição XLV. 

O camisa 12 deu três passes para touchdown e foi eleito o MVP da partida.

O título confirmou uma temporada de recuperação dos Packers. A franquia foi a segunda a se classificar na sexta vaga de uma conferência a chegar ao Super Bowl.

Depois de uma temporada regular com 10 vitórias e 6 derrotas, pior classificado entre os times da NFC, o Green Bay Packers eliminou Eagles, Falcons e Bears, até se encontrar com os Steelers no Super Bowl.

Nas temporadas seguintes, Aaron Rodgers voltou a ter desempenhos impressionantes. Em 2011 e 2014, ele foi eleito o MVP da NFL. Entretanto, ele não conseguiu reconduzir os Packers à disputa do Super Bowl.

Títulos de Aaron Rodgers

  • Super Bowl XLV

Times defendidos por Aaron Rodgers na NFL

  • Green Bay Packers – desde 2005

Premiações de Aaron Rodgers

  • MVP da NFL em 2011 e 2014
  • MVP do Super Bowl XLV
  • Eleito 8 vezes para o Pro Bowl (2009, 2011, 2012, 2014–2016, 2018 e 2019)
  • 2× First-team All-Pro (2011 e 2014)
  • Second-team All-Pro (2012)
  • Duas vezes líder em passer rating da NFL (2011 e 2012)
  • Líder em passes para touchdown  na temporada 2016

Recordes de Aaron Rodgers na NFL

  • Melhor passer rating na carreira na história da NFL
  • Melhor passer rating em uma temporada na NFL: 122,5 em 2011
  • Menor índice de interceptações na carreira
  • 402 passes consecutivos sem uma interceptação

Estatísticas de Aaron Rodgers na NFL

  • Jogos: 181
  • Passes tentados: 6.061
  • Passes completos: 3.913
  • Percentual de passes completos: 64,6%
  • Jardas: 46.946
  • Passes para touchdown: 364
  • Interceptações: 84
  • Percentual de interceptações: 1,4% 
  • Rate: 102,4

Os números de Aaron Rodgers se referem até o fim da temporada 2019. A NFL disponibiliza todas as estatísticas do jogador, ano a ano

Camisas de Aaron Rodgers

Camisa Green Bay Packers Verde

Camisa Green Bay Packers Branca

Camisa Green Bay Packers Amarela

Qual é o salário de Aaron Rodgers?

Em agosto de 2018, Aaron Rodgers acertou um novo contrato com o Green Bay Packers até o fim de 2024. Pelo vínculo, ele receberá US$ 134 milhões por quatro temporadas, além de US$ 57,5 milhões de bônus. O salário anual do quarterback é US$ 33,5 milhões.

Detalhando: dos US$ 134 milhões (cerca de R$ 555 milhões), US$ 103 milhões são garantidos pelos quatro anos de contrato, a partir de 2020. Em média, Aaron Rodgers recebe US$ 33,5 milhões (R$ 139 milhões), mais US$ 57,5 milhões em bônus (R$ 238 milhões).

Quando assinou a extensão de contrato por quatro temporadas com os Packers, Aaron Rodgers tinha o maior salário da história da NFL. No entanto, em abril de 2019, Russell Wilson passou a ser o jogador mais pago da liga, recebendo US$ 35 milhões anuais de salário do Seattle Seahawks.

Se mantiver a longevidade de contemporâneos como Tom Brady e Drew Brees, Aaron Rodgers poderá acertar ainda um novo contrato com os Packers até o fim de sua carreira.

Independentemente do salário a receber, não há dúvidas de que o camisa 12 do Green Bay Packers é um dos maiores jogadores da história da NFL.

Agora que você sabe tudo sobre Aaron Rodgers, aproveite para conferir todos os detalhes sobre a carreira de outros grandes ídolos do futebol americano:

*Última atualização em 9 de janeiro de 2020

Ficha Técnica
Título
Aaron Rodgers: biografia, títulos, recordes e estatísticas
Resumo
Tudo da carreira de Aaron Rodgers: trajetória no college, chegada à NFL e marcas históricas do quarterback do Green Bay Packers 
Autor

Comentários

Salvar