Conheça a história da Scuderia Ferrari, seus títulos na Fórmula 1, os grandes pilotos e os recordes na maior categoria do automobilismo!

Equipe mais vitoriosa e tradicional da história da Fórmula 1, a Ferrari é também a que mais coleciona fãs ao redor do mundo.

Não importa se os pilotos que estão no comando dos carros vermelhos chegarão ao alto do pódio, a Scuderia Ferrari sempre estará em evidência no mundo do automobilismo.

Como esse status foi alcançado? Para ter essa resposta, é preciso entender a história da Ferrari e saber quem ajudou a construí-la.

Fique com a gente e conheça toda a história da Scuderia Ferrari na Fórmula 1, seus títulos e grandes pilotos!

Infográfico: saiba tudo da Scuderia Ferrari

Scuderia Ferrari

Quer compartilhar essa imagem no seu site ou blog? Basta copiar o código abaixo:

Quando foi criada a Scuderia Ferrari?

A empresa Ferrari foi fundada em 1929 por Enzo Ferrari. Mas sua chegada à Fórmula 1 demorou mais 20 anos, até a principal categoria do automobilismo surgir.

Desde a primeira temporada oficial de Fórmula 1, em 1950, a Scuderia Ferrari já estava presente. Justamente por isso, ela é a equipe mais antiga da F1.

Embora a Ferrari tenha participado da primeira temporada da Fórmula 1, seus carros não ficaram prontos a tempo da primeira corrida. Assim, a escuderia italiana estreou na competição no GP de Mônaco, em 21 de maio de 1950, iniciando sua trajetória como a mais tradicional das equipes de F1.

Já a primeira vitória da Scuderia Ferrari na Fórmula 1 foi no GP da Inglaterra em 1951, enquanto o primeiro piloto da equipe italiana a conquistar um título mundial foi Alberto Ascari, em 1952.

Em toda a história da Fórmula 1, a Ferrari é a equipe mais vitoriosa, com 31 títulos (16 de construtores e 15 de pilotos).

Confira, a seguir, como foram os títulos conquistados pela Scuderia Ferrari na Fórmula 1!

Quantos títulos de construtores tem a Scuderia Ferrari na Fórmula 1?

O Mundial de construtores é um prêmio dado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) desde 1958. Em toda a história da Fórmula 1, nenhuma equipe foi tão vitoriosa quanto a Ferrari.

A escuderia italiana foi campeã do mundial de construtores em 16 temporadas, sendo a última delas em 2008. São 7 títulos a mais que a segunda maior campeã, a Williams.

Os 16 títulos de construtores da Scuderia Ferrari foram conquistados em 1961, 1964, 1975, 1976, 1977, 1979, 1982, 1983, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007, 2008.

A Ferrari também é a maior vencedora em títulos de pilotos, mas os anos não são exatamente os mesmos das conquistas de construtores. Veja quando foram alcançados esses títulos!

Quantos títulos de pilotos tem a Scuderia Ferrari na Fórmula 1?

Em toda a sua história, a Scuderia Ferrari já conquistou 15 títulos do mundial de pilotos da Fórmula 1.

As conquistas aconteceram nas temporadas 1952, 1953, 1956, 1958, 1961, 1964, 1975, 1977, 1979, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2007.

Michael Schumacher, com 5 títulos, é o maior campeão da história da Ferraria.

Além do alemão, outros 8 pilotos foram campeões mundiais pela escuderia italiana. Veja quem são eles!

Pilotos campeões mundial pela Ferrari

CampeonatosPilotosPaísTemporadas
5Michael SchumacherAlemanha2000, 2001, 2002, 2003, 2004
2Alberto AscariItália1952, 1953
Niki LaudaÁustria1975, 1977
1Juan Manuel FangioArgentina1956
Mike HawthornGrã-Bretanha1958
Phil HillEstados Unidos1961
John SurteesGrã-Bretanha1964
Jody ScheckterÁfrica do Sul1979
Kimi RaikkonenFinlândia2007

Quem são os maiores pilotos da história da Scuderia Ferrari?

Michael Schumacher pode até não ser o maior piloto da história da Ferrari, mas, sem sombra de dúvidas, é o mais vitorioso. Os principais recordes da história da escuderia na Fórmula 1 pertencem ao alemão.

Foi Schumacher quem mais correu pela equipe, o que mais venceu GPs e, principalmente, campeonatos.

Confira, a seguir, mais informações sobre o piloto alemão e outros grandes da história da Ferrari.

Michael Schumacher

O alemão Michael Schumacher é o piloto com mais títulos em todos os tempos da Fórmula 1.

Ele foi heptacampeão (com 5 títulos pela Ferrari e 2 pela Benetton), além de acumular recordes como: maior número de vitórias na história da Fórmula 1, piloto que mais vezes subiu ao pódio e mais corridas vencidas em uma única temporada — ganhou 13 de 19 corridas em 2004.

Não é à toa que Schumacher é por muitos reverenciado como o melhor piloto de Fórmula 1 já visto.

O piloto alemão estreou na categoria em 1991 e se aposentou em 2012. Ele correu pela Ferrari entre 1996 e 2006.

Números de Schumacher na Ferrari

  • Títulos:  5 (2000, 2001, 2002, 2003 e 2004)
  • Vitórias: 91
  • Poles: 68
  • Voltas rápidas: 77
  • Pódios: 155

Números de Schumacher na carreira na Fórmula 1

  • Títulos: 7 (1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004)
  • GPs: 308
  • Vitórias: 91
  • Percentual de vitórias: 29,54%
  • Pódios: 155
  • Poles: 68

Alberto Ascari

Alberto Ascari melhor piloto de Fórmula 1

O italiano Alberto Ascari foi o principal rival de Juan Manuel Fangio no início da história da Fórmula 1. Foi piloto da Ferrari entre 1951 e 1953, quando venceu 13 de 22 corridas disputadas.

Depois de ser vice-campeão em 1951, foi campeão das duas temporadas seguintes.

Foi com Ascari que a Scuderia conquistou seus dois primeiros títulos de pilotos, em 1952 e 1953.

Números de Alberto Ascari na Ferrari:

  • Títulos: 2 (1952 e 1953)
  • Vitórias: 13
  • Poles: 14
  • Voltas rápidas: 11
  • Pódios: 17

Números de Alberto Ascari na Fórmula 1:

  • Títulos: 2 (1952 e 1953)
  • GPs: 33
  • Vitórias: 13
  • Percentual de vitórias: 39,39%
  • Pódios: 17
  • Poles: 14

Juan Manuel Fangio

Juan Manuel Fangio melhor piloto de Fórmula 1

O argentino Juan Manuel Fangio foi campeão pela Ferrari em 1956, em um dos seus cinco títulos na categoria, marcando seu nome entre os melhores de todos os tempos.

Na história da Fórmula 1, nenhum piloto teve aproveitamento de vitórias tão alto quanto Fangio.

Primeiro pentacampeão da história da maior categoria do automobilismo, ele venceu 46,15% das corridas que disputou.

Além de ter vencido os campeonatos de 1951, 1954, 1955, 1956 e 1957, foi vice-campeão em 1950 e 1953.

Fangio nasceu na Argentina em 1911, estreou no GP da Grã-Bretanha de 1950 e competiu até 1958.

Números de Fangio na Ferrari:

  • Títulos: 1 (1956)
  • Vitórias: 24
  • Poles: 28
  • Voltas rápidas: 23
  • Pódios: 35

Números de Fangio na carreira:

  • Títulos: 5
  • GPs: 52
  • Vitórias: 24
  • Percentual de vitórias: 46,15%
  • Pódios: 35
  • Poles: 29

Niki Lauda

O austríaco Niki Lauda disputou 177 GPs na Fórmula 1 e conquistou 25 vitórias. Campeão mundial em 1975, 1977 e 1984, é o único piloto a vencer a categoria tanto pela Ferrari quanto pela McLaren.

Suas conquistas na Ferrari aconteceram nas temporadas 1975 e 1977. Em meio às duas conquistas, o austríaco passou pelo momento mais difícil de sua vida.

Em 1976, Lauda sofreu acidente em Nürburgring, na Alemanha, e teve queimaduras em parte de seu corpo. Apesar das lesões, conseguiu voltar a competir naquela mesma temporada.

Seu último GP foi na Austrália, em 1985.

Dica da Esportelândia: a rivalidade de Lauda com o piloto inglês James Hunt é retratada no filme Rush. Vale a pena ver!

Números de Niki Lauda na Ferrari:

  • Títulos: 2 (1975 e 1977)
  • Vitórias: 25
  • Poles: 24
  • Voltas rápidas: 25
  • Pódios: 54

Números de Niki Lauda na Fórmula 1:

  • Títulos: 3 (1975, 1977 e 1984)
  • GPs: 177
  • Vitórias: 25
  • Percentual de vitórias: 14,12%
  • Pódios: 52
  • Poles: 24

Além dos pilotos citados, outros dos maiores de todos os tempos passaram pela equipe sem conquistar títulos. Esse é o caso, por exemplo, de Nigel Mansell e Alain Prost, demitido depois de criticar o carro da Ferrari.

O espanhol Fernando Alonso, por sua vez, foi vice-campeão pela escuderia italiana em 2010, 2012 e 2013.

Já o canadense Gilles Villeneuve, assim como aconteceu com Ayrton Senna na Williams, encerrou sua carreira de maneira trágica na Ferrari.

No treino de classificação para o GP da Bélgica de 1982, Gilles Villeneuve bateu em um carro mais lento, o que fez o seu decolar. Na queda, o piloto canadense, já sem capacete, foi arremessado para fora do cockpit, em direção ao muro de proteção. Villeneuve morreu aos 32 anos de idade.

Entre os brasileiros, somente Felipe Massa e Rubens Barrichello já foram pilotos da Scuderia Ferrari.

Todos os pilotos da história da Scuderia Ferrari

  • Andrea de Adamich
  • Michele Alboreto
  • Jean Alesi
  • Cliff Allison
  • Fernando Alonso
  • Chris Amon
  • Mario Andretti
  • René Arnoux
  • Alberto Ascari
  • Luca Badoer
  • Giancarlo Baghetti
  • Lorenzo Bandini
  • Jean Behra
  • Derek Reginald Bell
  • Gerhard Berger
  • Ernesto Brambilla
  • Tony Brooks
  • Ivan Capelli
  • Piero Carini
  • Eugenio Castellotti
  • Peter Collins
  • Juan Manuel Fangio
  • Giuseppe Farina
  • Felipe Massa
  • Giancarlo Fisichella
  • Paul Frère
  • Nanni Galli
  • Olivier Gendebien
  • Richie Ginther
  • Ignazio Giunti
  • José Froilán González
  • Dan Gurney
  • Mike Hawthorn
  • Phil Hill
  • Jacky Ickx
  • Eddie Irvine
  • Stefan Johansson
  • Nicola Larini
  • Niki Lauda
  • Charles Leclerc
  • Umberto Maglioli
  • Willy Mairesse
  • Nigel Mansell
  • Robert Manzon
  • Arturo Merzario
  • Gianni Morbidelli
  • Luigi Musso
  • Mike Parkes
  • Cesare Perdisa
  • André Pilette
  • Didier Pironi
  • Alfonso de Portago
  • Alain Prost
  • Kimi Räikkönen
  • Clay Regazzoni
  • Carlos Reutemann
  • Pedro Rodríguez de la Vega
  • Ricardo Rodríguez de la Vega
  • Rubens Barrichello
  • Mika Salo
  • Ludovico Scarfiotti
  • Jody Scheckter
  • Harry Schell
  • Michael Schumacher
  • Dorino Serafini
  • André Simon
  • Raymond Sommer
  • John Surtees
  • Patrick Tambay
  • Piero Taruffi
  • Maurice Trintignant
  • Wolfgang von Trips
  • Nino Vaccarella
  • Sebastian Vettel
  • Gilles Villeneuve
  • Luigi Villoresi
  • Jonathan Williams

Quais são os recordes da Scuderia Ferrari?

A tradição da equipe italiana se reflete em números. Mais antiga entre todos os construtores da categoria, a Scuderia Ferrari acumula diversos recordes na Fórmula 1. Confira os principais, considerando marcas até abril de 2019:

  • Maior número de corridas: mais de 960 GPs até a temporada 2019
  • Maior número de vitórias: 232
  • Maior número de pole positions: 216
  • Maior número de voltas mais rápidas: 233
  • Maior número de pódios: 705

Quais os maiores chefes de equipe da Scuderia Ferrari?

Alguns chefes de equipe se destacaram na história da Ferrari. Um dos mais lendários é Luca di Montezemolo, que depois se tornou presidente da equipe.

Já o francês Jean Todt marcou época como o chefe de equipe durante o reinado de Michael Schumacher na Fórmula 1.

Confira quem foram os chefes de equipe da Ferrari na história da equipe.

Todos os chefes de equipe Scuderia Ferrari

  • Federico Giberti (1950–1951)
  • Nello Ugolini (1952–1955)
  • Eraldo Sculati (1956–1957)
  • Romolo Tavoni (1958–1960)
  • Eugenio Dragoni (1961–1966)
  • Franco Lini (1967)
  • Franco Gozzi (1968–1970)
  • Peter Schetty (1971–1972)
  • Alessandro Colombo (1973)
  • Luca Cordero di Montezemolo (1974–1975)
  • Daniele Audetto (1976–1977)
  • Marco Piccinini (1978–1988)
  • Cesare Fiorio (1989–1991)
  • Jean Todt (1993–2006)
  • Stefano Domenicali (2007–2014)
  • Marco Mattiacci (2014)
  • Maurizio Arrivabene (2015–2018)
  • Mattia Binotto (desde 2019)

Qual equipe de Fórmula 1 é mais popular?

Na categoria do automobilismo que mais atrai olhares do público, a dúvida sobre qual é a equipe mais popular não é tão polêmica quanto em outros esportes. Única escuderia que participou de todas as temporadas, a Ferrari é reconhecida como a equipe da Fórmula 1 com mais torcida. E isso é válido para o Brasil.

A Ferrari é também a equipe mais valiosa. Segundo a Forbes, a escuderia de Maranello vale mais de US$ 1,1 bilhão. Segunda colocada nessa lista, a McLaren teve valor avaliado em US$ 800 milhões. O pódio é completado pela Red Bull, com US$ 400 milhões, 10 milhões a mais que a quarta colocada na lista das equipes mais valiosas da Fórmula 1, a Mercedes.

Tão valiosa e com tantos torcedores, a Scuderia Ferrari tenta quebrar a hegemonia de Lewis Hamilton e voltar à era de conquistas na Fórmula 1. Em 2019, essa missão cabe a Sebastian Vettel e Charles Leclerc. Será que eles serão capazes de cumprir esse objetivo?

Enquanto ficamos na expectativa por mais triunfos da Ferrari na Fórmula 1, aproveite para conferir quais são os melhores filmes de automobilismo, com direito a um bônus do Netflix!

*Última atualização em 17 de maio de 2019

Ficha Técnica
Título
Scuderia Ferrari: a equipe mais tradicional e vitoriosa da F1
Resumo
Desde a primeira temporada oficial de Fórmula 1, em 1950, a Scuderia Ferrari já estava presente. Em toda a história da categoria, a Ferrari é a equipe mais vitoriosa, com 31 títulos (16 de construtores e 15 de pilotos).
Autor

Comentários

Salvar