Há mais de 4 anos, a SPFF(São Paulo Fisiculturismo e Fitness) é uma das organizações paulistas de fisiculturismo que mais cresce no mercado brasileiro.

Disponibilizando eventos únicos e prestigiados, a empresa visa oferecer um tratamento digno de profissional para os atletas amadores.

Com mais de um show por ano, a federação deve crescer ainda mais nos próximos períodos, já que conta com exclusividades e patrocínios únicos.

O que é a SPFF?

SPFF é uma empresa que atua no mercado de fisiculturismo e fitness desde o ano de 2018, quando foi criada por Alexandre dos Santos, ex-diretor da IFBB SP, atual presidente da São Paulo Fisiculturismo e Fitness.

Segundo o ideal da companhia, seu principal objetivo é levar ao público uma nova forma de enxergar e viver o bodybuilding.

Tal objetivo resulta em uma maior preocupação com a saúde dos atletas, assim como suas qualificações no esporte.

Além de organizar o Novice Open, que acontece no mês de março, a SPFF também é responsável pelo Batalha – Valkirias e Bárbaros, que acontece em novembro.

Eventos beneficentes organizados pela SPFF

Com o passar dos anos, o presidente Alexandre tem investido na parte social da SPFF com diversos eventos beneficentes.

Além de oferecer ingressos mais baratos em troca de 1kg de alimento, que serão enviados para instituições carentes, a organização conta com o Treinão Beneficente.

Assim, tal evento visa garantir grandes números de alimentos por meio de um acesso gratuito na Academia Gaviões, no bairro da Bela Visa, em São Paulo.

Desta maneira, todo o alimento captado será revertido para doações na comunidade de Heliópolis.

O que é o Novice Open da São Paulo Fisiculturismo e Fitness?

O campeonato São Paulo Fisiculturismo e Fitness Novice Open acontece todo ano, sendo que em 2022 ocorrerá a 3ª edição.

O evento visa oferecer ao atleta uma experiência digna de shows profissionais, contando com:

  • Premiações em dinheiro;
  • Premiações fornecidas por patrocinadores;
  • Backstage apropriado para o competidor;
  • Lugar confortável para a torcida;
  • Organização dentro e fora do palco;
  • Arbitragem de alto nível.

Por fim, o campeonato garante cinco classes para homens, quatro para mulheres e uma exclusivamente para os atletas especiais. 

Para saber mais sobre cada uma das classes, será possível conhecer mais detalhes no tópico: “Quem compete no SPFF?”.

Quando é o Novice Open da SPFF?

O SPFF fisiculturismo Novice Open terá início na sexta-feira, dia 25 de março, com a pesagem dos atletas.

O dia será dedicado apenas para a imprensa e para os competidores que irão realizar o evento.

Já no sábado, dia 26, ocorre o campeonato de fisiculturismo, que se inicia às 9h (horário de Brasília), com a categoria Bodybuilding.

Quem compete no Novice Open da SPFF?

O SPFF é um campeonato de fisiculturismo feito para todas as pessoas que se sentem aptas a pisar em um palco e performar suas poses.

Por isso, a organização concede mais de 8 categorias diferentes, tanto para homens quanto para mulheres.

Dentro delas, há mais de 20 classes que são divididas por peso e altura, facilitando para que a competição tenha um julgamento justo.

Todavia, será possível conferir todas as categorias e classes diferentes presentes no Novice Open 2022 abaixo.

Que horas começa o Novice Open da SPFF?

A pesagem dos atletas que irão subir nos palcos do campeonato SPFF Novice Open devem se dirigir ao local que acontecerá o evento na sexta-feira (25), das 15h as 21h.

A fim de ter uma melhor organização e oferecer um atendimento único para cada competidor, a SPFF definiu horários de pesagem para cada categoria. Confira abaixo a lista completa.

Enquanto isso, o campeonato da SPFF de fisiculturismo irá iniciar no sábado (26), às 9h (horário de Brasília).

Sobretudo, vale dizer que não há hora para encerrar o evento. Isso irá depender do número de atletas de cada categoria.

A partir disso, a SPFF também fixou horários que os atletas devem estar no backstage do evento, dependendo da classe que irá subir. 

SPFF

O que é fisiculturismo?

Fisiculturismo é um esporte que nasceu entre o fim do Séc. XIX e  início da década de 1900.

Seu principal objetivo é levar o corpo humano ao limite de massa muscular, tendo como base três princípios: condição, volume e simetria.

Cada um desses três pilares, quando juntos, definem o que é um corpo de um fisiculturista. 

Ao todo, há diversas categorias dentro do fisiculturismo, cada uma visando um corpo diferente e pesos diferentes.

Como a Classic, que pretende um atleta com um físico mais estético, enquanto a Open preza por um volume muscular maior.

Para conseguir lidar com tais diferenças entre as classes, cada uma possui sua própria rotina de poses.

Desse modo, o atleta da Men ‘s Physique não deve se preocupar tanto em mostrar suas pernas ou fazer força na hora de poses. Enquanto um Classic precisa de mais rigidez, porém, sem perder a beleza do físico ou demonstrar falta de leveza no palco.

Por fim, mesmo tendo um grande preconceito que o cerca desde 1950, a mídia por trás do bodybuilding vem crescendo cada vez mais. Lado a lado com uma sociedade que visa por mais saúde e estética.

Qual a diferença entre musculação e fisiculturismo?

Fisiculturismo e musculação são coisas distintas. De maneira leiga, o fisiculturista utiliza a musculação como ferramenta para ser um praticante de fisiculturismo.

Levando isso em conta, pode-se dizer que o esporte fisiculturismo é apenas exercido sobre os palcos de algum evento.

Ao passo que musculação não só é a base do culturismo como também é a base de todos os esportes.

Futebolistas, nadadores, ciclistas, tenistas e todos outros praticantes de diversas modalidades possuem a musculação na sua rotina de treinos.

Como resultado, no bodybuilder a musculação é sua única ferramenta para o resultado. Enquanto nos outros desportos ela é considerada secundária, tendo em vista que há treinos únicos de cada desporto visando estratégias e movimentos diferentes.

Qual a diferença entre fisiculturismo e bodybuilding?

Fisiculturismo e bodybuilding podem ser considerados sinônimos, porém, há uma pequena diferença que necessita de ser evidenciada entre bodybuilding e bodybuilder.

Bodybuilding é a arte de construir corpos (da mesma forma que fisiculturismo), porém, bodybuilder é uma categoria dentro desse esporte.

Não é errado chamar qualquer fisiculturista de bodybuilder, independente de qual classe ele seja.

Entretanto, no significado literal, bodybuilder é um nome dado somente para os competidores que subirem na categoria Open bodybuilder.

Tal confusão se iniciou anteriormente, quando o esporte deixou de ter apenas uma categoria principal. Afinal, até os anos 2000, havia apenas a Open.

A partir disso, houve a implantação de diversas outras classes, como a Classic Physique, a Men ‘s Physique, a Bikini e a Wellness.

Qual a diferença entre fisiculturismo e halterofilismo?

Halterofilismo e fisiculturismo são dois esportes distintos que se baseiam em um mesmo princípio: a musculação.

Halterofilismo é um dos esportes mais antigos que existem. Desde a Grécia Antiga há fatos que comprovam a existência de levantadores de peso.

Desse modo, nesse esporte o competidor deve levantar o máximo de peso possível em certo exercício, podendo utilizar barras ou halteres.

Já o atleta de culturismo utiliza os mesmos exercícios como base para um treino que visa a construção de massa muscular, sem ter que  erguer o máximo de peso possível.

Outro fato que desfere os dois desportos é referente à Olimpíada, já que o halterofilismo é um esporte olímpico. Enquanto o culturismo acaba não podendo concorrer no maior evento esportivo devido ao uso de esteroides anabolizantes. Além de que não há um desempenho esportivo sobre os palcos de fisiculturismo.

Por fim, pode concluir que o atleta de halterofilismo utiliza seus músculos para conseguir carregar o peso do exercício. Já o fisiculturista utiliza o peso do exercício como meio para construir o seu corpo.

Foto destaque: Divulgação / SPFF