Antes de mais nada, o conceito de pump no treino de musculação já é bastante comentado entre os praticantes. Entretanto, vale explicar melhor sobre o que está por trás desta sensação durante o exercício.

Assim, para conceituar melhor, pump é a sensação oferecida durante a musculação na qual o praticante sente o músculo mais “cheio”. Além disso, um bom pump pode vim acompanhado de maior vascularização e o sentimento de que o membro em questão pode até explodir.

Ao contrário do que parece, sentir isso durante o treino pode ser um bom sinal de que o exercício está sendo eficaz. Para explicar melhor, será possível conferir abaixo um guia sobre o pump no treino.

Entenda o conceito de pump na academia

O significado de pump pode ser estabelecido como um inchaço muscular. Isto acontece pois o treino favorece o fluxo sanguíneo na região treinada. Ou seja, durante um treino de bíceps, o ideal é sentir um pump no bíceps.

Esse ponto pode ser importante para o atleta sentir se está trabalhando o músculo de maneira correta. Já que o pump sinaliza qual parte do corpo está sendo contraída no exercício.

Ou seja, um bom inchaço pode significar um treino realizado com eficácia.

Quando acontece um pump?

O pump no treino de musculação acontece quando o atleta tem uma boa conexão mente-corpo. Pois, para que ele venha, é necessário contrair o alvo em questão.

Entretanto, este inchaço necessita de alguns pontos chaves para acontecer, como:

  • Boa alimentação;
  • Dieta estruturada;
  • Pré treino no horário certo;
  • Baixa gordura corporal.

Assim, um fisiculturista que possui todos esses fundamentos no seu dia a dia deve sentir um pump com maior facilidade.

Como melhorar o pump no treino de musculação?

Por fim, alguns praticantes podem ter certas dificuldades em sentir o pump durante suas horas de academia.

Para isso, separamos abaixo algumas dicas importantes para melhorar seu pump no treino:

  • Coma carboidratos 45 minutos antes do treino;
  • Não corte o sódio, ele será responsável pela vascularização;
  • Melhore a conexão muscular para fazer uma contração melhor;
  • Progrida suas cargas durante as semanas de treino;
  • Mantenha uma dieta e um consumo de água balanceado.

Imagem destacada: Reprodução/Pexels;Sabel Blanco