De início, muitos podem acabar não conhecendo o termo de dieta de consolidação de ganhos. Sendo uma prática não feita com tanto costume quanto um bulking ou cutting, este período dietético é importante.

Antes de mais nada, ele serve para que o atleta consolide os ganhos realizados em um processo de aumento de massa. Ou seja, essa dieta acontece entre os meses de off-season e de pré-contest.

Assim, preparamos um guia esclarecendo sobre uma dieta de consolidação de ganhos para os atletas de fisiculturismo.

O que é uma dieta de consolidação de ganhos?

Uma dieta de consolidação de ganhos serve para o atleta avisar seu corpo que a massa adquirida durante o bulking é importante.

Assim, se o atleta entrar em um cutting logo depois do bulking, a tendência é que nosso corpo utilize a massa como fonte de energia.

Isso acontece pois o músculo acaba consumindo mais energia do que gordura. Fazendo com que o metabolismo humano prefira uma pessoa com mais gordura do que massa.

Assim, realizar um processo de consolidação de ganhos é importante para que isso ocorra de uma maneira minimizada.

Quando fazer uma dieta de consolidação?

Assim como já dito antes, uma dieta de consolidação é realizada logo depois dos meses de ganho de peso.

Ela pode servir como uma válvula para quem quer dar uma pausa nas altas calorias de um off-season.

Diante disso, as calorias de uma dieta de consolidação não precisam ser altas. Entretanto, não é recomendável que elas sejam mais baixas que a taxa metabólica basal.

Assim, coachs de fisiculturismo realizam um aporte calórico dentro de um limite onde o atleta não vai ganhar nem perder peso.

Por fim, esta fase não precisa ser tão longa como as outras duas dietas de um culturista. Normalmente, uma consolidação dura 2 meses, e, dependendo do caso, pode ser de apenas 1 mês.

Como fazer uma dieta para consolidar?

Finalmente, uma dieta de consolidação é feita de uma maneira controlada e sem exageros calóricos.

O recomendado é seguir o gasto calórico diário do atleta. Quanto aos treinos, alguns especialistas utilizam este período para fazer um deload. Assim, além de consolidar a massa, esses meses acabam servindo como um descanso para o corpo do atleta.

Imagem destacada: Reprodução/ Pexels;Pikx By Panther