Olofmeister, coldzera, FalleN e mais: descubra quais foram as melhores jogadas de CS:GO executadas por profissionais na história

O competitivo de Counter-Strike nos reserva atuações fantásticas em todos os campeonatos. Mas existem aquelas que sempre se destacam, não é mesmo? Portanto, hoje é dia de listar as melhores jogadas de CS:GO da história.

Reunimos um top 10 de respeito. Eliminações com AWP, rifles, pistolas, headshots, aces, clutchs e até kill em final de torneio! E é claro que não poderiam faltar plays eternizadas por brasileiros. E que até viraram grafite. Que moral, hein?

Se você ficou curioso, então venha conosco. Separamos vídeos, informações básicas, curiosidades e muito mais. Vale lembrar que o ranking está organizado em ordem cronológica – e não do melhor para o pior. Combinado?

Melhores jogadas de CS:GO da história

  • Olofmeister (2014)
  • Device (2014)
  • Olofmeister (2014)
  • Happy (2015)
  • Coldzera (2016)
  • S1mple (2016)
  • Snax (2016)
  • FalleN (2016)
  • Stewie2K (2018)
  • ChrisJ (2018)

Olofmeister (2014)

  • Jogador: Olof “olofmeister”
  • Time: Fnatic
  • Mapa: Overpass
  • Adversário: LDLC
  • Torneio: Dreamhack Winter 2014

Começamos a lista de melhores jogadas de CS:GO da história com o histórico “Fnatic Boost”. A ocasião aconteceu em 2014, nas quartas de final da Dreamhack Winter 2014. A organização europeia, comandada por Olof “olofmeister”, deixou a LDLC sem rumo com um pezinho na Overpass que ficou marcado no competitivo.

A Fnatic perdia a última partida da MD3 por 13-3, mas conseguiu a virada graças ao posicionamento jamais visto no mapa. Olofmeister eliminou vários adversários com armas de longo alcance e foi o grande herói do jogo. O pezinho foi posteriormente “fechado” pela Valve, pois infringia as regras do game.

Device (2014)

  • Jogador: Nicolai “device”
  • Time: Team Dignitas
  • Mapa: Dust II
  • Adversário: Hellraisers
  • Torneio: EMS One Katowice 2014

Em 2014, na EMS One Katowice, Nicolai “device” marcou um ace memorável na Dust II. O jogador, que atualmente está na Astralis, começou a carreira na Team Dignitas. E foi por lá que ele protagonizou a jogada. O dinamarquês, mesmo sem recursos, deu a volta em ambos bombsites para eliminar todos os jogadores da Hellraisers.

Olofmeister (2014)

  • Jogador: Olof “olofmeister”
  • Time: Fnatic
  • Mapa: Overpass
  • Adversário: Team Dignitas
  • Torneio: ESL One Cologne 2014

Já deu pra perceber que Olof “olofmeister” é um mito do Counter-Strike, né? Estamos aqui novamente com o sueco para mais uma jogada icônica. Ainda em 2014, o craque da Fnatic foi o autor do famoso “Hot Defuse” na ESL One Cologne.

Jogando na Overpass, o AWPer ignorou uma molotov no pé e defusou uma C4 com sucesso – morrendo milésimos de segundos depois. Foi o suficiente para garantir o ponto contra a Team Dignitas! A play foi tão histórica que foi homenageada com um grafite no local.

Happy (2015)

  • Jogador: Vincent “Happy”
  • Time: Team EnVyUs
  • Mapa: Inferno
  • Adversário: Team Solomid
  • Torneio: DreamHack Open London 2015

Votada pelo público, o ace de Happy na DreamHack Open London 2015 foi eleita a melhor play da última década. O momento histórico aconteceu com a camisa da Team EnVyUs na Inferno, contra a Team Solomid.

O francês estava em um round econômico de Desert Eagle. Já os adversários, melhores equipados com rifles. Seria uma missão muito difícil segurar o rush no bombsite B, mas Happy conseguiu a proeza de eliminar um por um portando apenas uma pistola. A jogada é muito plástica, pois algumas kills aconteceram às cegas na smoke!

Coldzera (2016)

  • Jogador: Marcelo “coldzera”
  • Time: Luminosity Gaming
  • Mapa: Mirage
  • Adversário: Team Liquid
  • Torneio: MLG Major Columbus 2016

Continuamos a lista de melhores jogadas de CS:GO na história com Marcelo “coldzera”. Em 2016, ele ascendeu como o maior craque do mundo atuando por Luminosity Gaming e SK Gaming. De quebra, foi bicampeão do Major. E é para o o MLG Columbus que iremos agora!

Na semifinal contra a Team Liquid, os brasileiros estavam perdendo por 15-9 na Mirage. Um pontinho garantiria a vitória dos norte-americanos no primeiro mapa da série. Foi aí que cold entrou em ação. O craque freou o rush dos adversários no tapete do bomb B despachando quatro jogadores – sendo que duas kills foram sem scope.

A jogada foi uma injeção de ânimo para a LG, que conseguiu arrastar o mapa para a prorrogação e confirmou a virada. O Brasil seria campeão mundial pela primeira vez e a play ficaria marcada no mapa com um grafite no local.

Leia mais sobre esports:

S1mple (2016)

  • Jogador: Aleksandr “s1mple”
  • Time: Team Liquid
  • Mapa: Cache
  • Adversário: Fnatic
  • Torneio: ESL One Cologne 2016

Outra jogada eternizada por um grafite da Valve foram as no-scopes voadoras de Aleksandr “s1mple” na Cache. O ucraniano, na época jogador da Team Liquid, protagonizou o momento em partida válida pela ESL One Cologne 2016 contra a Fnatic.

O AWPer tirou duas kills da cartola, mas sem usar a mira de sua sniper. A primeira, pulando na região do céu. A segunda, segundos depois, na saída do xadrez. Os adversários ficaram atônitos sem saber o que tinha acabado de acontecer.

Snax (2016)

  • Jogador: Janusz “Snax”
  • Time: Virtus.pro
  • Mapa: Cobblestone
  • Adversário: Natus Vincere
  • Torneio: ESL New York 2016

Seguimos a lista de melhores jogadas da história do CS:GO com o lendário clutch 1v4 de Janusz “Snax” na ESL New York 2016. Vocês simplesmente não vão acreditar no que o polonês aprontou na Cobblestone!

Defendendo a Virtus.pro – e enfrentando a Natus Vincere – Snax ficou sozinho no mundo contra quatro adversários. Os russos já estavam posicionados no bomb, apenas aguardando a chegada do último sobrevivente.

Mesmo de pistola, Snax quebrou a lógica e conseguiu o impossível. Avançando com cautela, eliminou um de cada vez com tiros certeiros na cabeça.

FalleN (2016)

  • Jogador: Gabriel “FalleN”
  • Time: Luminosity Gaming
  • Mapa: Overpass
  • Adversário: Natus Vincere
  • Torneio: IEM Katowice 2016

“Oh, FalleN, stop blowing my mind!” Você certamente já escutou essa icônica narração em algum momento de sua vida. E o jogador que fez o caster Alex “Machine” ir à loucura foi nada mais nada menos que Gabriel “FalleN”.

A jogada aconteceu na IEM Katowice 2016. “Verdadeiro”, nos seus tempos áureos de Luminosity Gaming, estava sozinho contra quatro inimigos na Overpass, mas conseguiu dar um jeito de garantir o pontinho.

Quando todo mundo pensava que o brasileiro iria guardar a arma para o round seguinte, ele fez o contrário: partiu para cima. FalleN plantou a C4 no bombsite A, deitou três jogadores da Na’Vi (um sem scope) e finalmente morreu. O tempo, entretanto, foi o suficiente para a bomba explodir.

Stewie2K (2018)

  • Jogador: Jake “Stewie2k”
  • Time: Cloud9
  • Mapa: Inferno
  • Adversário: FaZe Clan
  • Torneio: ELEAGUE Boston Major 2018

Jake “Stewie2k” jogou na MIBR e conquistou a admiração de vários brasileiros. Uma das performances que fez a equipe brasileira se interessar pelos seus serviços ocorreu na final do ELEAGUE Boston Major 2018.

Sua equipe, Cloud9, estava no último mapa (Inferno) perdendo de 15-14 para a FaZe Clan. Caso os adversários marcassem o ponto, sagrariam-se campeões mundiais. O problema é que tinha um certo norte-americano no meio do caminho.

Stewie2k, sozinho no bomb B, frustrou a investida de três inimigos. Ele despachou todos os jogadores de AWP, mostrando uma frieza absurda e, claro, mira afiada. A Cloud9 levou a partida para a prorrogação e venceu o Major.

ChrisJ (2018)

  • Jogador: Chris“chrisJ”
  • Time: mousesports
  • Mapa: Mirage
  • Adversário: Team Liquid
  • Torneio: ESL One New York 2018

Finalizamos a lista de melhores jogadas de CS:GO na história com a melhor play de 2018. Na ESL One New York, Chris“chrisJ”, da mousesports, adentrou sozinho no bombsite A da Mirage e simplesmente fez a AWP cantar.

Os CTs (Team Liquid) já estavam posicionados para pescar o intruso, mas o foi o holandês que colocou todo mundo pra correr. Mostrando muita desenvoltura e arrastadas com a sniper, marcou um ace e garantiu o ponto para a mouz.

Gosta de esportes tradicionais? Então confira:

*Última atualização feita em 2 de junho de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin