A Prefeitura do Rio de Janeiro entregou uma premiação aos atletas medalhistas dos Jogos Pan e Parapan-Americano de Santiago 2023 e anunciou novidades para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris 2024.

Em cerimônia que aconteceu na quinta-feira (21), no Palácio da Cidade, estiveram presentes diversas autoridades, como o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o Secretário de Esportes do Rio, Guilherme Schleder. Além de diversos atletas do Time Rio.

O projeto Time Rio Olímpico e Paralímpico é uma parceria entre a Prefeitura do Rio e os Comitês Olímpico e Paralímpico do Brasil.

Um time de vencedores: a contribuição das vilas olímpicas para o sucesso do Time Rio

Após a cerimônia, o Secretário de Esportes do Rio, Guilherme Schleder, concedeu entrevista exclusiva ao Esportelândia e falou sobre como desenvolver o esporte olímpico e paralímpico.

Segundo ele, um dos fatores para que os atletas do Time Rio possam treinar com mais qualidade para as Olimpíadas e Paralimpíadas são as vilas olímpicas que existem no estado.

O principal dessa história de você conseguir gerar atletas olímpicos é manter o que a gente faz pela Secretaria nas vilas olímpicas e dos projetos esportivos. Hoje, nossas vilas olímpicas são 27, todas delas têm piscina, têm quadras esportivas, têm judô, têm luta, têm várias modalidades esportivas“, disse o Secretário de Esportes do Rio, Guilherme Schleder.

Secretário de Esportes do Rio fala sobre papel dos clubes no sucesso do Time Rio

Na sequência, o Secretário de Esportes do Rio contou como funciona a parceria dos clubes com os atletas, e também com a Prefeitura.

A gente hoje tem, dentre as regras do Time Rio, você tem, uma das regras é ter um clube. Então hoje, por exemplo, o Botafogo tem alguns atletas do Time Rio, Lucas, Ana Sátila, Flamengo, Rebeca, a Jade, então todos os times também possam ajudar somando forças, que é isso.

Guilherme Schleder completou afirmando que todos precisam agir juntos:

Para a gente ter cada vez mais atletas de ponta, a gente tem que somar forças. Não adianta só a prefeitura querer fazer, só os clubes querendo fazer, tem que ser um somatório de forças, da prefeitura, do Estado, da União, dos clubes, para que a gente possa cada vez ter mais atleta. Quanto mais atleta treinando na qualidade e em ambientes esportivos propícios, mais futuros atleta a gente vai ter“, concluiu o Secretário de Esportes do Rio.

Quer saber mais sobre os esportes que fazem parte das Olimpíadas? Acesse nossos outros conteúdos: