A escalada nas Olimpíadas é um esporte moderno, que vem se popularizando nos últimos 20 anos. É um esporte com muitos jovens praticando, tendo cerca de 39% dos atletas sendo menores de 18 anos de idade.

Pode ser praticado tanto ao ar livre como também em um local fechado. Hoje em dia, são mais de 25 milhões de praticantes em 150 países ao redor do mundo.

A primeira competição organizada ao ar livre aconteceu em Turim na Itália, em 1985, quando um grupo de escaladores se reuniu em Bardonecchia. O evento foi chamado “SportRoccia” e os atletas tinham de escalar em um determinado limite de tempo.

No ano seguinte, a primeira competição em uma parede de escalada artificial aconteceu próximo de Lyon na França.

Regras da escalada esportiva

As regras da escalada nas Olimpíadas envolvem três modalidades: boulder, velocidade e guiada. O boulder é uma corrida contra o tempo, com os atletas escalando uma parede de 4,5 metros de altura, sem cordas e no menor número de tentativas possíveis.

A prova de velocidade é uma corrida em que dois atletas disputam um contra um para ver quem é o mais rápido. Em uma combinação de precisão e explosão física, os atletas escalam uma parede de 15 metros e cinco graus.

Já na prova guiada, os atletas escalam uma parede de 15 metros, o mais alto que conseguirem em seis minutos, sem antes ter visto o percurso. Esses trajetos são os mais desafiadores e complexos, desafiando os atletas física e mentalmente.

Para Paris 2024, serão dois tipos de competição diferentes na escalada esportiva, a primeira será uma combinação de boulder e guiada, enquanto a segunda será apenas com provas de velocidade.

História da escalada nas Olimpíadas

A história da escalada nas Olimpíadas é bem curta, tendo uma experiência nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, em Buenos Aires, sendo um grande sucesso entre os argentinos.

Com isso, entrou no programa olímpico para a edição seguinte dos Jogos Olímpicos, em Tóquio 2020. A originalidade das provas de escalada, somada a emoção das provas e também o caráter visual e estético faz desse esporte muito popular entre os jovens.

Quais são os países com mais medalhas na escalada nas Olimpíadas?

Com apenas uma aparição nos Jogos Olímpicos, a escalada distribuiu poucas medalhas até o momento. Apenas cinco países conquistaram medalhas, veja abaixo quais foram eles e quem tem mais.

  • Eslovênia e Espanha – Ambos países conquistaram uma medalha de ouro cada
  • Japão – Conquistou uma medalha de prata e uma de bronze, sendo o país com mais medalhas
  • Estados Unidos – Conquistou uma medalha de prata na competição
  • Áustria – Ganhou uma medalha de bronze em Tóquio 2020

Você ama outros esportes além da escalada? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Brasil na escalada

O Brasil não terá representantes em Paris 2024, com o último torneio classificatório ainda por acontecer, mas sem atletas brasileiros na disputa. Um dos principais nomes da escalada brasileira é a jovem Mariana Hanggi.

A atleta brasileira concedeu entrevista ao Esportelândia no ano passado e falou sobre o futuro da modalidade no Brasil e que sua geração de atletas deve estar mais forte para as Olimpíadas de 2028.

Qual o quadro completo de medalhas da escalada nas Olimpíadas?

Veja abaixo o quadro completo de medalhas da escalada nas Olimpíadas, unindo masculino e feminino. Observando que o critério de desempate são mais medalhas de ouro, depois de prata e por último de bronze.

 Ordem País Ouro Prata Bronze Total de medalhas
1 Eslovênia 1 1
Espanha 1 1
3 Japão 1 1 2
4 Estados Unidos 1 1
5 Áustria 1 1
TOTAL 2 2 2 6

Quais todos os vencedores de medalhas da escalada nas Olimpíadas?

Veja abaixo todos os medalhistas olímpicos de Tóquio 2020:

Combinado Masculino:

  • Ouro – Alberto Gines Lopez (Espanha)
  • Prata – Nathaniel Coleman (Estados Unidos)
  • Bronze – Jakob Schubert (Áustria)
Entenda tudo sobre Escalada nas Olimpíadas
Alberto Gines Lopez – Icon Sport

Combinado Feminino

  • Ouro – Janja Garnbret (Eslovênia)
  • Prata – Nonaka Miho (Japão)
  • Bronze – Noguchi Akiyo (Japão)
Entenda tudo sobre Escalada nas Olimpíadas
Janja Garnbret – Icon Sport

Agora que você sabe tudo sobre a escalada nas Olimpíadas, aproveite para se aprofundar ainda mais no tema com nossos outros conteúdos: