Tudo sobre o New York Mets: história da franquia, títulos de World Series, maiores jogadores, melhores técnicos e o milagre de 1969

O New York Mets é a mais bem sucedida franquia de expansão da MLB. Com praticamente um título da Liga Americana por década, também superou por três delas o público presente nas partidas do rival e todo poderoso New York Yankees.

Ainda que não tenha tanto tempo de existência quanto outros colossos da MLB, o Mets tem uma história rica o bastante para deixar sua marca no beisebol — qualquer fã do esporte já ouviu falar do Miracle Mets ou da Buckner Ball.

Abaixo, preparamos um conteúdo completo sobre o New York Mets. Entre história, títulos, maiores jogadores e melhores técnicos, reunimos tudo o que você precisa saber sobre esta carismática franquia nova-iorquina.

História do New York Mets

Imagem do primeiro ano da história do New York Mets

A história do New York Mets começa, na verdade com o fim das história de Dodgers e Giants na “Grande Maçã”.

Ambas as franquias, que protagonizavam a chamada “Subway Series” (“O Clássico do Metrô”) quando se enfrentavam, deixaram a metrópole em 1957 rumo ao extremo oeste, na Califórnia. E deixaram um perigoso vácuo na maior cidade do país.

Sobre a forte influência do New York Yankees e a crescente ameaça de uma criação de outra liga de beisebol (por parte do grupo responsável pelo Houston Astros), a MLB anunciou uma expansão para 1962. A vaga de Nova Iorque, claro, estava garantida.

O surgimento do Mets

Houve muita astúcia por parte do criador do Mets, William Shea. Para capitalizar o vácuo de uma segunda franquia na cidade, costurou referências na hora de estabelecer seu time.

Shea pegou o azul dos Giants, o laranja dos Dodgers — e ambos da bandeira de NY — e juntou com a referência ao Metropolitans, um dos pioneiros times da cidade. Nascia, em 1962, o New York Mets, que ainda por cima jogava no Polo Grounds, antiga casa do San Francisco Giants.

A estratégia da nova franquia teve resultados e por mais de três décadas foi quem teve maior público na Ilha de Manhattan, desbancando o já multicampeão Yankees. Além da inteligência marqueteira, o time fez campanhas que o eternizaram na MLB.

Os Miracle Mets

Ainda que já experimentasse um certo sucesso de público, nos seus primeiros seis anos o  Mets era um total fracasso dentro de campo, sem uma temporada vitoriosa sequer. Até que o “milagre” aconteceu.

Depois que Gil Hodges assumiu o comando técnico em 1968, a equipe rapidamente mudou de patamar, começando com a contratação do lendário Tom Seaver, passando por um ano vencedor e, enfim, o conto de fadas: a conquista da World Series.

A temporada de 1969 foi realmente surpreendente. A começar pelas 100 vitórias, com direito ao primeiro título divisional da Liga Americana.

Depois foi a vez do surpreendente desempenho da equipe em seu primeiro playoff e, claro, a improvável vitória sobre o Baltimore Orioles, um adversário muito superior, na série final.

Para além da superação, a cultura norte-americana ama destacar toda a sequência improvável de fatos que levaram ao título da MLB em 1969. Há até uma referência na ficção: no filme Homens de Preto 3, um alienígena que calcula probabilidades diz que os Miracle Mets trata-se de seu momento favorito da história da humanidade.

O segundo milagre: a Buckner Ball de 1986

Anos depois, o New York Mets protagonizaria outro milagre, que também o renderia um título da World Series.

Dessa vez ele foi concentrado todo na finalíssima, disputada contra o Boston Red Sox. Melhor dizendo, no sexto jogo do confronto. O time de Massachussets tinha a série na mão e podia confirmar o campeonato com uma vitória em pleno Shea Stadium, em Nova Iorque.

O próprio jogo 6 também parecia dominado pelo Sox, mas um erro bizarro cometido pelo infielder Bill Buckner no 10º inning permitiu a virada do Mets, que confirmou na partida seguinte o seu segundo título da MLB.

A final e o lance ficaram tão famosos que a bola errada pelo jogador de Boston virou a Buckner Ball, um item de colecionador.

O bicampeonato da World Series não foi exatamente transformador para o Mets, que não foi campeão da série desde então. Mas auxiliou o fortalecimento da franquia, que se manteve importante na liga desde então, vencendo, com exceção dos anos 1990, ao menos um título da Liga Americana por década.

Quantos títulos da World Series tem o New York Mets?

O New York Mets tem dois títulos da World Series. Eles foram conquistados logo nas três primeiras vezes em que o time foi disputar a série final da MLB.

Abaixo, todas as World Series disputadas pelo Mets. Em negrito, as vencidas:

  • 1969
  • 1973
  • 1986
  • 2000
  • 2015

Quantos títulos da Liga Nacional tem o New York Mets?

O New York Mets tem cinco títulos da Liga Nacional. O primeiro foi vencido em 1969, apenas sete anos após a criação da franquia. Com exceção dos anos 1990, o Mets conquistou um pennant da conferência por década.

Quantos títulos de divisão tem o New York Mets?

O New York Mets tem seis títulos de divisão. Eles foram conquistados na divisão Leste da Liga Nacional. Quatro deles, inclusive, foram vencidos na mesma temporada em que faturam o título da própria conferência.

Títulos da Divisão Leste:

  • 1969
  • 1973
  • 1986
  • 1988
  • 2006
  • 2015

Qual é o estádio do New York Mets?

Citi Field, o estádio do New York Mets
(Reprodução/MLB.com)

O estádio do New York Mets é o Citi Field. Construído entre 2006 e 2008, é, desde 2009, a terceira casa da franquia de Nova Iorque. Com 41 mil lugares em situações normais, o recorde de público do local é de 45 mil pessoas, que foram assistir ao All-Star Game de 2013.

O Citi Field é também, desde 2020, a casa do New York FC, time de futebol da MLS. Pelo menos em algumas partidas.

Vá além do beisebol! Confira:

Quem é o dono do New York Mets?

Steve Cohen, dono do New York Mets

O dono do New York Mets é Steve Cohen. Investidor e gerente de fundo de investimentos, Cohen era um acionista minoritário da franquia desde 2012. Em outubro de 2020, passou a controlar a maior parte das ações.

Torcedor do Mets, Cohen revelou que era ele o comprador anônimo da famosa “Buckner Ball”, a bola de beisebol usada numa jogada decisiva da World Series de 1986. Tão logo assumiu o controle da franquia, ele anunciou que o artefato iria para o museu do Citi Field.

Quem são os maiores jogadores do New York Mets?

Tom Seaver, um dos maiores arremessadores da MLB
(Reprodução/Getty)

Além de um dos maiores jogadores do New York Mets, Tom Seaver foi um dos melhores arremessadores da MLB. E tudo aconteceu muito rápido. Seaver foi eleito calouro do ano e emendou12 eleições para o All-Star em seus 12 primeiros anos.

Seus arremessos, além de versáteis, eram  de uma precisão quase cirúrgica. Seu número de strikeouts é quase indecente: 3640. Com eles, liderou a MLB no quesito em cinco anos, duas vezes consecutivamente.

Seaver foi capaz de jogos memoráveis, como o no-hitter contra o St Louis Cardinals, em 1978, e os cinco one-hitters que arremessou pelo Mets no início da carreira.

O tamanho de Tom “Terrific” Seaver pode ser visto na homenagem oferecida pelo Mets, sendo um dos únicos três jogadores a terem seus números aposentados. O que não quer dizer que outros atletas não fizeram história pela franquia:

  • Mike Piazza: catcher do Mets entre 1998 e 2005. Um dos únicos jogadores a terem sua camisa aposentada. Sua número 31 nunca mais foi usada desde 2016
  • Darryl Strawberry: right field do NYM de 1983 a 1990. Venceu a World Series de 1986.
  • Dwight Gooden: pitcher do Mets entre 1984 e 1990, também foi campeão da WS de 86
  • Jerry Koosman: pitcher que arremessou para o Mets entre 1967 e 1978. Foi, portanto, campeão da World Series de 1969.

Quem são os maiores técnicos do New York Mets?

Gil Hodges, um dos maiores técnicos do New York Mets

Se hoje estamos falando das conquistas desta franquia, temos de agradecer a um homem: Gil Hodges. Seu trabalho no final da década de sessenta não só trilhou a equipe ao caminho das vitórias como o colocou no topo da lista dos maiores treinadores do New York Mets.

Gil assumiu o comando do Mets em 1968. Até ali, o time era o novato da MLB e vinha de nada menos que cinco temporadas com mais derrotas que vitórias. No seu primeiro ano do cargo, já liderou a equipe a mais de 70 vitórias.

Na segunda, em 1969, foram mais de 100 jogos vencidos e, claro, o primeiro título de World Series da franquia.

O técnico faleceu apenas um ano após deixar o Mets, em 1972. Foi homenageado no ano seguinte, em 1973, com a camisa 14 — que usava quando era first baseman na própria equipe — devidamente aposentada.

Depois de Gil, outros treinadores puderam fazer história pela franquia:

  • Davey Johnson: treinador do Mets de 1984 a 1990, venceu uma World Series (1986) e tem o melhor aproveitamento do cargo na história da franquia, com 58,8%
  • Bobby Valentine: comandante em Nova Iorque entre 1996 e 2002, foi o primeiro a liderar o Mets a aparições consecutivas nos playoffs
  • Terry Collins: técnico do Mets de 2011 a 2017, venceu um título de divisão, uma Liga Americana e 551 partidas. Neste último foi o segundo melhor no quesito na história da equipe.
  • Casey Stengel: o primeiro treinador do New York Mets, entre 1965 e 1967. Lenda do Yankees, foi responsável por preparar o time para o futuro.

Bonés do New York Mets

Os bonés são um clássico das franquias da MLB. O New York Mets tem uma grande e diversa oferta para seus torcedores e simpatizantes. Abaixo, selecionamos os melhores modelos:

Boné 9fifty do New York Mets

https://static3.tcdn.com.br/img/img_prod/311840/bone_new_era_mlb_new_york_mets_950_56694_1_20201130181057.jpg

O modelo clássico faz você se sentir como no campo do Citi Field. As listras, o logo, tudo contribui para o toque retrô do boné.

Para ter o seu boné 9fifty do New York Mets, basta clicar aqui!

Boné 9forty do New York Mets

https://static.netshoes.com.br/produtos/bone-new-era-9forty-mlb-new-york-mets/92/IJX-4236-392/IJX-4236-392_zoom1.jpg?ims=544x

Não há como ficar mais estiloso do que com esse boné do Mets. A curvatura do modelo 9forty combina perfeitamente com o laranja e azul tradicional da equipe.

Gostou do visual? Clique aqui para garantir seu boné 9forty do New York Mets!

Boné 59fifty New York Mets

https://a-static.mlcdn.com.br/618x463/bone-59fifty-new-york-mets-mlb-royal-new-era/newera/190844910037/617ac51628ff860ab32f8e738c621dac.jpg

Este boné é a combinação perfeita da modernidade do 59fifty com a tradição do logo do Mets a elegância do tom azul do modelo. Uma peça única e muito versátil.

Para ter a boné 59fifty do New York Mets, use este link!

Depois de conhecer melhor o New York Mets, aproveite para acessar outros conteúdos sobre beisebol e a MLB:

* Última atualização em 23 de fevereiro de 2021

Salvar