Saiba tudo sobre o Atlanta Braves: a história da franquia, os títulos de World Series, os melhores jogadores e os maiores técnicos

Poucos times tem tanta história quanto o Atlanta Braves, literalmente falando: é a mais antiga franquia esportiva norte-americana a funcionar continuamente desde a sua fundação. E uma das mais populares também.

Conhecido como o “time da América”, o Braves experimentou um enorme reconhecimento da metade para o final do século XX. Até porque passou por três das mais populosas cidades do EUA. E foi campeã e todas elas.

Abaixo, reunimos todas essas conquistas e andanças do Atlanta Braves. Contamos a sua história, listamos seus títulos, seus melhores jogadores, seus maiores técnicos, enfim, traçamos o perfil desta tradicionalíssima franquia da MLB.

História do Atlanta Braves

O time do Boston Braves em 1914, no começo da história do Atlanta Braves

A história do Atlanta Braves é extensa — estamos falando, afinal, da mais antiga franquia de esportes norte-americanos a operar continuamente desde sua fundação — mas não se preocupe. Deixamos tudo bem resumido para você.

Tudo começa lá em 1870, com a dissolução do Cincinnati Red Stockings, a primeira equipe profissional de beisebol dos EUA. Três jogadores do time, que sentiram o gosto da glória e decidiram que não iriam parar tão cedo, se deslocaram até Boston a convite de Ivers Whitey Adams.

Adams foi um dos primeiros empresários esportivos da época e, com a ajuda dos três remanescente de Cincinnati, fundou o Boston Red Stockings em 1871. Tudo para participar da criação da Associação Nacional e posteriormente da Liga Nacional, esta já em 1876.

A trajetória da franquia neste momento é marcada pela aparição de outras duas equipes: o retorno do Cincinnati Red Stockings, em 1876; depois o surgimento, em 1900, daquela que se tornaria o Boston Red Sox.

O primeiro fez o time mudar o nome para Boston Red Caps (“bonés vermelhos”) e o segundo “roubou” o padrão visual do uniforme, com as listras e as meias vermelhas, entre 1907 e 1908. Pior: marcou uma certa maré de azar para quem já havia ganhado nada menos que oito títulos da Liga Nacional.

Os Braves  e Babe Ruth

Ao menos tudo isso levou a mudança definitiva de nome da franquia. Homenageando o dono James Gaffney, “o Bravo” da Tammany Hall, sociedade política do Partido Democrata em Nova Iorque, ela passa, em 1912, a se chamar Boston Braves.

A nova identidade teve um efeito rápido sobre o time. Dois anos depois, em 1914, ele conquista o primeiro título de World Series da sua história ao varrer o Philadelphia Athletics.

Além de rápido, o resultado no novo nome foi passageiro, já que o Braves só voltaria a vencer uma WS mais de 40 anos depois. Nesse meio tempo, a equipe chegou até a contar com Babe Ruth, o melhor jogador de beisebol da história, em seu derradeiro ano na MLB.

Curiosamente, a temporada com Babe, a de 1935, foi a pior já feita pelo Braves (115 derrotas) e a segunda pior já feita por um time na era moderna da liga. Dali em diante foi só ladeira abaixo — até que o time subiu, geograficamente, para Milwaukee.

O Milwaukee Braves

A mudança de cidade por uma franquia esportiva ainda não era algo tão popular no esporte norte-americano. A ida do Braves para Milwaukee em 1953 contribuiu para que o movimento se tornasse algo “normal”.

Por que? Porque foi um sucesso. Além de uma torcida de mais 1,5 milhão, a maior registrada nos EUA naquele momento, o novo Milwaukee Braves demorou apenas 4 anos para conquistar o seu segundo título da World Series, em 1957.

Depois deles, Dodgers, Giants, Athletics e hoje o Baltimore Orioles também iniciaram seus processos de mudanças de sede. Até, quem diria, o próprio Braves.

Atlanta Braves, “o time da América”

Em 1962, William Bartholomay, novo dono do Braves, começou a buscar novos mercados para a sua franquia. A ideia era buscar o dinheiro da televisão, que expandia rapidamente pelo país e que começava a alterar a geografia do beisebol profissional.

O local escolhido, ou melhor ofertado, foi Atlanta, que em 1965 construiu um estádio só para atrair a popularíssima franquia de Milwaukee para seus domínios. Deu muito certo. Em 1966, já existia oficialmente o Atlanta Braves.

Diferentemente da primeira mudança, a segunda demorou um tanto para dar certo. O time só foi conquistar sua terceira World Series — e tornar-se o único a vencer a finalíssima em três cidades diferentes — em 1995.

No meio do caminho, algo tão importante quanto aconteceu: a compra do clube por Ted Turner, dono da TBS e da Turner Broadcasting System, hoje parte da WarnerMedia. Mais do que títulos, o novo dono deu à franquia uma popularidade jamais experimentada.

Entre 1970 e 2007, todas as principais partidas do Atlanta Braves eram transmitidas em rede aberta e a equipe passou a ser nacional. O apelido você já deve ter ouvido falar: o “time da América”.

Quantos títulos da World Series tem o Atlanta Braves?

O Atlanta Braves tem 3 títulos da World Series, conquistados em três cidades diferentes — Boston, Milwaukee e Atlanta. É a única franquia da MLB com esse feito.

Abaixo, todas as World Series disputadas pelo Braves. Em negrito, as vencidas:

  • 1914
  • 1948
  • 1957
  • 1958
  • 1991
  • 1992
  • 1995
  • 1996
  • 1999

Quantos títulos da Liga Nacional tem o Atlanta Braves?

O Atlanta Braves tem 17 títulos da Liga Nacional, mas apenas 9 World Series disputadas. Veja bem, praticamente metade dessas conquistas foram antes da criação da grade final da MLB.

Abaixo, os títulos de conferência do Braves na era pré-World Series:

  • 1877
  • 1878
  • 1883
  • 1891
  • 1892
  • 1893
  • 1897
  • 1898

Quantos títulos de divisão tem o Atlanta Braves?

O Atlanta Braves tem 20 títulos de divisão. É a mais vitoriosa franquia nesse quesito, e a recordista em conquistas consecutivas: foram 14 entre 1991 e 2005

Divisão Oeste:

  • 1969
  • 1982
  • 1991
  • 1992
  • 1993

Divisão Central:

  • 1995
  • 1996
  • 1997
  • 1998
  • 1999
  • 2000
  • 2001
  • 2002
  • 2003
  • 2004
  • 2005
  • 2013
  • 2018
  • 2019
  • 2020

Qual é o estádio do Atlanta Braves?

Truist Park, estádio do Atlanta Braves
(Divulgação/Atlanta Braves)

O estádio do Atlanta Braves é o Truist Park. Inaugurado em 2017, é uma das mais recentes e modernas arenas da MLB.

Tem capacidade para 41 mil pessoas, curiosamente apenas mil lugares a mais que o Braves Field, local da franquia entre 1915 e 1952, a maior construção esportiva da época — maior até que o Fenway Park, lendário estádio do Boston Red Sox, onde o Braves inclusive jogou entre 1914 e 1915.

Vá além do beisebol! Confira:

Quem é o dono do Atlanta Braves?

Alex Anthopoulos, presidente do Atlanta Braves
(Curtis Compton/[email protected])

O dono do Atlanta Braves é a Liberty Media, conglomerado midiático que controla a franquia desde 2007. A empresa tem uma grande tradição com esportes. É, por exemplo, a responsável pela comunicação da Fórmula 1.

O CEO da Liberty Media é George Maffei, ex-diretor da Oracle e da Microsoft. Ele confia a gerência do time à Alex Anthopoulos, que acumula as funções de presidente de operações de beisebol e general manager.

Quem são os maiores jogadores do Atlanta Braves?

Hank Aaron, um dos maiores jogadores do Atlanta Braves

Hank Aaron é um dos maiores jogadores do Atlanta Braves e de toda a MLB. Estamos falando, afinal de contas, de um dos grandes rebatedores de todos os tempos, o segundo atleta que mais fez home runs na MLB (755) e o homem que dá o nome ao melhor hitter da temporada.

Vencedor de “apenas” uma World Series, em 1957 — o mesmo ano em que foi MVP da Liga Nacional pelo Atlanta Braves — Hank lidera outros rankings históricos. É quem mais fez pontos após rebatidas (2.297) e bases corridas (6.856). E ainda se virava na defesa, dono de 3 prêmios Luva de Ouro.

A camisa 44 de Hank Aaron, claro, foi aposentada, numa cerimônia em 1977. Outros jogadores tiveram a mesma honraria. Talvez sem mesmo brilho, mas com grandes histórias ainda assim:

  • Warren Spahn – pitcher do Braves entre 1946 e 1964, foi campeão da World Series em 1957. Sua camisa 21 foi aposentada em 1965.
  • Eddie Matthews – o third baseman foi o único a atuar pela franquia em três cidades diferentes. Estava na campanha da World Series de 1957 e teve o seu número 41devidamente aposentado.
  • Phil Niekro – pitcher em Atlanta de 1964 a 1983, foi o substituto de Spahn no time. Seu número 35 foi aposentado enquanto ainda jogava, em 1984.
  • Greg Maddux – um dos maiores arremessadores da MLB, esteve no Braves entre 1993 e 2003. Venceu a World Series de 1995 e teve o número 31 aposentado em 2009.

Quem são os maiores técnicos do Atlanta Braves?

Bobby Cox, um dos maiores técnicos do Atlanta Braves
(Kevin C. Cox/Getty Images)

Não há discussão, Bobby Cox é o líder do ranking dos maiores técnicos do Atlanta Braves.

O antigo third baseman assumiu o comando da equipe em 1990 e, além da conquista da World Series de 1995, conduziu a franquia à um feito inédito na MLB: 14 títulos de divisão consecutivos.

Bobby é também um dos mais vitoriosos treinadores da história da MLB. Suas 1603 partidas vencidas o deixam entre os cinco colegas de profissão que mais ganharam na liga.

Além de Cox, o Braves contou com outros grandes comandantes:

  • Fred Haney  – comandante do Braves entre 1956 e 1959, quase levou a franquia à quatro World Series consecutivas. Venceu a de 1957.
  • Frank Seele – treinador da franquia ainda no século XIX, venceu cinco títulos da Liga Nacional entre 1890 e 1900, quando ainda não existia a World Series. Venceu mais de 1000 partidas com o Braves.
  • George Stallings – técnico da primeira conquista de World Series, em 1914, ficou no cargo entre 1913 e 1920. Esteve em mais de 500 vitórias do time.

Bonés do Atlanta Braves

Os bonés são tão parte do beisebol quanto a bola e o taco. E cada franquia conta uma enorme oferta de caps para seus torcedores. O Atlanta Braves,  é claro, não fica de fora dessa. Selecionamos alguns dos melhores modelos do “time da América”:

Boné clássico do Atlanta Braves

https://images.tcdn.com.br/img/img_prod/710966/bone_new_era_aba_curva_940_sn_mlb_atlanta_team_color_919_1_20191010013611.jpg

Este modelo é o clássico, seja no modelo, nas cores, no visual todo, enfim. E um sucesso!

Boné aba reta do Atlanta Braves

https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/I/51zDRAaau2L._AC_.jpg

A aba reta dá uma refrescada no visual clássico. E deixa o modelo ainda mais versátil.

Bané preto do Atlanta Braves

https://www.lojanewerabrasil.com/images/bone%20new%20era/Bon%20New%20Era%20Atlanta%20Braves%20Mlb%20Neon%20Pop%2059fifty%20Cabido%20-%20Preto%208714.jpg

O boné preto do Braves é um charme. Elegante, estiloso, versátil…um modelo completo.

Depois de conhecer melhor o Atlanta Braves, aproveite para acessar outros conteúdos sobre beisebol e a MLB:

* Última atualização em 9 de fevereiro de 2021

Salvar