Antes de mais nada, em comunicado feito nas redes sociais da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), a primeira reunião do Campeonato Brasileiro de Basquete de 2022 acontece, na última quinta-feira (7). Assim, 23 equipes demonstraram interesse na participação no Brasileirão 2022, enviando representantes para uma conversa online.

Primeiramente, a conversa serviu para começar a debater datas de início, detalhes da fórmula de disputa e repassar informações, prazos e outros detalhes da competição que terá seu início entre janeiro e fevereiro de 2022. Decerto, o torneio é uma espécie de divisão de acesso ao NBB, sendo a 2ª divisão nacional. Logo, o time campeão ganha o direito de pleitear uma vaga sem passar pelo conselho de administração da Liga.

Portanto, até o fim de outubro, as equipes interessadas terão que enviar ofício de sua Federação Estadual com autorização para a participação no torneio. Bem como, em novembro, os clubes interessados terão que apresentar a carta fiança para participação do Brasileirão 2022. Por fim, até o final de novembro, a CBB irá anunciar as equipes que participarão do Brasileirão masculino 2022 e as sedes serão definidas em dezembro de 2021.

Método de disputa

A princípio, a Confederação Brasileira de Basketball trabalha com a ideia de realizar a competição nos mesmos moldes de 2021, com duas Conferências, turno e returno dentro das próprias chaves, e em formato de sedes, quartas de final e Final Four, repetindo a ação de sucesso deste ano em Brusque, inclusive com o anel de campeão brasileiro confirmado para 2022.

Fábio Deschamps, presidente da Federação Catarinense de Basketball, e Daniel Riente, presidente da Federação de Basquetebol do Rio de Janeiro, serão os diretores do torneio. E Oscar Archer, secretário geral da FCB, é o terceiro diretor do Brasileirão 2022.

Realmente será um Brasileirão 2022?

Dessa forma, as equipes que se predispuseram a participar são de apenas sete estados diferentes, o que levou a críticas de torcedores de que o dito “Brasileirão” ainda seguia muito segmentado no lado Sul/Sudeste do Brasil. Entretanto, vale ressaltar que a CBB está fazendo um trabalho de reestruturação do basquete nacional – NBB a parte – que tem, além do Campeonato Brasileiro de Basquete Masculino, um Brasileirão Feminino Sub-23.

Comparativo com o futebol

Em primeiro lugar, vale ressaltar que na Série A do Brasileirão de futebol, existem apenas 10 estados representados na elite do futebol do país. Assim, estão representados: Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo. De fato, dentre estes, apenas seis são de fora do eixo Sul/Sudeste.

Em contrapartida, no NBB, elite do basquete masculino nacional, apenas quatro equipes são de fora do eixo dito outrora: Cerrado-DF, Brasília-DF, Fortaleza-CE e Unifacisa-PB. Enquanto isso, na LBF (Liga de Basquete Feminino), apenas o Sampaio Basquete-MA é o contraponto.

Opinião sobre o basquete no Brasil

Portanto, o cenário do basquete ainda está distante de um certame com equipes de vários estados, principalmente com times do Norte e Nordeste do país. Entretanto, o valor investido no basquete nacional ainda é muito escasso, seja de prefeituras ou patrocinadores, ou seja, o que faz com que as equipes tenham grande dificuldade de confirmar suas participações.

Contudo, com a nova gestão de Guy Peixoto (Presidente) e Magic Paula (Vice-Presidente), isso promete mudar com um grande incentivo ao basquete, seja o lado masculino ou o feminino. Por fim, as mudanças estão sendo feitas e são visíveis, mas não são da noite para o dia. De antemão, a CBB já tem projetos bem encaminhados para o futuro do esporte da bola laranja.

Clubes interessados no Brasileirão 2022

Espírito Santo

  • Instituto Viva Vida

Minas Gerais

  • Praia Clube

Paraná

  • Campo Mourão
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • São José dos Pinhais
  • Thalia Coritiba Monster

Rio de Janeiro

  • Botafogo

  • LSB
  • Niterói

  • Tijuca Tênis Clube

Rio Grande do Sul

  • Sojão

Santa Catarina

  • Brusque
  • Flamengo Blumenau
  • Joaçaba
  • Joinville

São Paulo

  • Basket Osasco
  • Liga Sorocabana
  • Santos FUPES
  • São José Desportivo
  • SESI Araraquara

  • Tatuí

Foto destaque: Divulgação / CBB