Lucas Dicas, Rafa Oliveira, Guilherme Giovannoni e mais: saiba quais são os melhores alas-pivôs do NBB no presente e no passado

Fala aí, amante do basquete! Você deve ter percebido que a Esportelândia vem produzindo alguns conteúdos especiais sobre a liga brasileira. Estamos elegendo os craques de cada posição e no texto de hoje elencamos os melhores alas-pivôs do NBB.

Em um primeiro momento, vamos listar os cinco jogadores que estão mais se destacando na temporada 2019/20. Utilizamos como base as estatísticas individuais e coletivas.

No fim, mas não menos importante, decidimos relembrar atletas que fizeram história no torneio e certamente merecem ser relembrados por aqui. Para isso, também consideramos esportistas das décadas que antecederam o Novo Basquete Brasil.

Vale ressaltar que não listamos os nomes em formato de ranking, ou seja, do melhor para o pior. Combinado? É justamente para você participar na aba de comentários conosco! Ao fim da leitura, não se esqueça de registrar o seu top 5 perfeito.

Melhores alas-pivôs do NBB na atualidade

  • David Nesbitt
  • Léo Demétrio
  • Lucas Dias
  • Rafa Oliveira
  • Tyrone Curnell

David Nesbitt

melhores alas-pivos do nbb david nesbitt
David Nesbitt é bicampeão do NBB

Abrimos a lista de melhores alas-pivôs do NBB na atualidade com David Nesbitt. O jogador de Bahamas chegou ao basquete brasileiro em 2017 e já sagrou-se bicampeão nacional – o primeiro título pelo Paulistano e o segundo pelo Flamengo.

Na terceira temporada, transferiu-se para o Corinthians – clube em que permanece até hoje. Nesbitt acumula médias de 12.5 pontos e 6.5 rebotes por partida, números que comprovam o seu crescimento na liga.

Camisas de Basquete

Léo Demétrio

melhores alas-pivos do nbb leo demetrio
Demétrio é um dos melhores alas-pivôs do NBB em atividade

O próximo da lista é Léo Demétrio, peça de extrema importância no elenco do Flamengo. Em 24 partidas disputadas na temporada regular de 2019-20, o ala-pivô conquistou médias de 10.4 pontos e 4.7 rebotes por compromisso.

O jogador é versátil no ataque e tem servido como arma ofensiva interessante no elenco Rubro-Negro. Sabe chutar para três pontos e tem uma boa presença no garrafão. Não à toa, foi convocado para a seleção brasileira na última lista de Aleksandar Petrović.

Lucas Dias

melhores alas-pivos do nbb lucas dias
Lucas Dias brilhou no playoffs de 2019

Lucas Dias é outro que definitivamente merece estar entre os melhores alas-pivôs do NBB em atividade. Afinal, ele foi o grande nome de Franca nos playoffs da temporada 2019 – campanha que terminou em vice-campeonato.

Na edição 2020, seus números não deixam mentir: 15.5 pontos e 5.2 rebotes por jogo. É o segundo maior cestinha da equipe na temporada regular (só perde para David Jackson) e também o melhor reboteiro. Precisa dizer mais alguma coisa?

Rafa Oliveira

melhores alas-pivos do nbb rafa oliveira
Rafa Oliveira é um dos atletas mais eficientes da liga

Grande pilar do São José, Rafa Oliveira não conseguiu realizar uma campanha coletiva consistente com sua equipe, mas pelo menos se destacou individualmente. Ele terminou 2019-20 como o segundo maior cestinha do time com média de 16.2 pontos por duelo.

Ala-pivô de mobilidade acima da média, Rafa não é plástico nem habilidoso, porém extremamente eficiente. É dono de um ótimo aproveitamento de arremessos de quadra e ainda consegue marcar defensores mais altos e fortes devido a sua incrível intensidade.

Tyrone Curnell

melhores alas-pivos do nbb tyrone
Tyrone em ação com a camisa do Minas

Fechamos a lista de melhores alas-pivôs do NBB na atualidade com Tyrone Curnell. Contratado para compor o “Big 3” do Minas Tênis Clube junto dos colegas Leandrinho e Alex, o norte-americano se tornou referência no time treinado por Leonardo Costa.

Após adquirir entrosamento, o atleta conseguiu desenvolver o seu jogo e ser bastante efetivo nos dois lados da quadra. É um bom marcador e razoável pontuador. Suas médias na temporada 2019-20 são de 10.4 pontos e 4.8 rebotes por partida.

Leia mais sobre basquete:

Melhores alas-pivôs do Brasil na história

  • Guilherme Giovannoni
  • Olivinha
  • Pipoka

Guilherme Giovannoni

guilherme giovannoni nbb
Giovannoni é um dos maiores ícones da era NBB

Abrimos a lista de melhores alas-pivôs brasileiros da história com Guilherme Giovannoni, um dos principais ícones da era NBB. O atleta jogou todas as temporadas do torneio pelo Lobos Brasília, conquistando três títulos entre 2009 e 2012.

Além do tricampeonato, Giovannoni também colecionou honrarias individuais como MVP da temporada regular (2011) e MVP das finais (2011 e 2012). O jogador esteve presente na seleção da temporada em quatro oportunidades.

Olivinha

olivinha nbb
Olivinha é pentacampeão da NBB

Olivinha é outro ala-pivô brasileiro que merece destaque. O veterano de 37 anos, que ainda atua profissionalmente, trilhou um caminho vitorioso no Novo Basquete Brasil. Com a camisa do Flamengo, faturou cinco títulos da liga – sendo quatro de forma consecutiva.

Na edição 2009/10, foi o atleta que mais coletou rebotes (343), a segunda melhor marca de sua carreira. Olivinha também detém o recorde de mais arremessos de dois pontos acertados em uma única partida (13) e inúmeras passagens pela seleção brasileira.

Pipoka

pipoka basquete
Pipoka esteve presente no Pan de Indianápolis

Fechamos a lista de melhores alas-pivôs brasileiros com Pipoka, integrante do elenco que faturou o surpreendente Pan-Americano de Indianápolis em 1987. O jogador esteve na companhia de vários craques como Oscar, Marcel e Israel.

Em solo nacional, vestiu a camisa de clubes tradicionais como Palmeiras, Corinthians, Araraquara, Mogi das Cruzes e Flamengo, mas foi defendendo o Monte Líbano que Pipoka brilhou. Foram quatro título brasileiros (1984, 1985, 1986 e 1987) pelo time paulista.

E aí? Faltou algum nome na lista de melhores alas-pivôs do basquete brasileiro? Participe registrando o seu comentário! Enquanto isso, continue por aqui:

Última atualização em 28 de abril de 2020

Comentários

Salvar