Fique por dentro de toda a trajetória, carreira, vida pessoal e prêmios de Al Horford, ala-pivô do Boston Celtics e veterano destaque da franquia celta na NBA. Veja aqui no portal Esportelândia todas as informações sobre o jogador, que atualmente tem 38 anos.

Desde seus primeiros passos no basquete até suas conquistas profissionais e sua carreira universitária. Conheça também detalhes sobre sua vida fora das quadras e os diversos prêmios e reconhecimentos que ele acumulou ao longo de sua impressionante carreira.

Al Horford: highlights

História e primeiros passos no basquete

Al Horford nasceu em 3 de junho de 1986, em Puerto Plata, República Dominicana. Seu pai, Tito Horford, jogou na NBA. Em 2000, a família mudou-se para Lansing, Michigan, onde Al frequentou a Grand Ledge High School, destacando-se no basquete e estabelecendo sete recordes escolares.

Em seu último ano, foi eleito Jogador do Ano da Classe A com médias de 21 pontos, 13 rebotes e cinco bloqueios por jogo.

Considerado um dos melhores recrutas, Al aceitou uma bolsa da Universidade da Flórida, onde jogou sob o comando de Billy Donovan, ao lado de Joakim Noah, Corey Brewer e Taurean Green.

Ele ajudou a equipe a conquistar o Torneio da SEC em 2005 e 2006 e vencer o Torneio da NCAA em 2006 e 2007. Em 2007, Horford e seus colegas se declararam para o draft da NBA.

Al Horford na NBA

Atlanta Hawks

Al Horford foi selecionado pelo Atlanta Hawks como a terceira escolha geral no Draft de 2007. Em sua temporada de estreia, foi o único jogador escolhido por unanimidade para o Primeiro-Time All-Rookie e foi vice-campeão do prêmio de Novato do Ano.

Horford teve médias de 10,1 pontos, 9,7 rebotes e 1,5 assistências em 81 jogos, ajudando os Hawks a chegar aos playoffs, onde foram eliminados pelo Boston Celtics em sete jogos.

Durante a temporada 2008-09, Horford foi titular em todos os 67 jogos, com médias de 11,5 pontos, 9,3 rebotes e 2,4 assistências. Ele ajudou os Hawks a chegarem à segunda rodada dos playoffs, sendo eliminados pelos Cavaliers.

Em 2009-10, foi selecionado para o All-Star Game, registrando médias de 14,2 pontos e 9,9 rebotes. Apesar de terminar a temporada como a terceira melhor campanha no Leste, os Hawks foram eliminados na segunda rodada.

Em 1 de novembro de 2010, Horford assinou uma extensão de contrato de US$ 60 milhões por cinco anos. Na temporada 2010-11, foi selecionado para o All-Star Game novamente, com médias de 15,3 pontos, 9,3 rebotes e 3,5 assistências, ajudando os Hawks a chegarem às semifinais da Conferência Leste, onde perderam para o Chicago Bulls.

Na temporada 2011-12, Horford jogou apenas 11 jogos devido a uma lesão no músculo peitoral. Ele retornou nos playoffs, mas os Hawks foram eliminados pelo Boston Celtics.

Em 2012-13, Horford teve médias de 17,4 pontos e 10,2 rebotes, ajudando os Hawks a chegarem aos playoffs, onde foram eliminados pelo Indiana Pacers. Em 2013-14, uma lesão no ombro limitou Horford a 29 jogos, e os Hawks foram eliminados na primeira rodada dos playoffs pelo Indiana Pacers.

Na temporada de 2015-2016, Horford jogou todos os 82 jogos pela primeira vez. Ele se destacou marcando 26 pontos contra o New Orleans Pelicans em 11 de novembro e estendeu sua sequência de jogos com pelo menos 10 pontos para 22 jogos.

Embora tenha marcado apenas 9 pontos contra o Oklahoma City Thunder, ele foi selecionado para o All-Star Game em substituição a Chris Bosh. Em 28 de fevereiro, ele alcançou seu 200º duplo-duplo com 13 pontos e 16 rebotes contra o Charlotte Hornets.

Os Hawks terminaram a temporada com 48 vitórias e 34 derrotas, garantindo o quarto lugar no leste. Nos playoffs, foram eliminados na segunda rodada pelos Cavaliers, pelo segundo ano consecutivo.

Boston Celtics

Em julho de 2016, Horford assinou um contrato de quatro anos e US $ 113 milhões com o Boston Celtics, deixando os Hawks após a chegada de Dwight Howard.

Em sua primeira temporada com os Celtics, ele teve altos e baixos devido a uma concussão, mas se destacou em jogos importantes, incluindo os playoffs, onde quase conseguiu um triplo-duplo no Jogo 1 da segunda rodada contra os Wizards. Os Celtics chegaram às finais da Conferência Leste, mas foram derrotados pelos Cavaliers.

Na temporada seguinte, ele teve alguns problemas de lesão, perdendo sete jogos com uma lesão no joelho esquerdo em dezembro de 2018. No entanto, ele teve alguns momentos brilhantes, incluindo um triplo-duplo contra o Miami Heat em abril de 2019.

Philadelphia 76ers e Oklahoma City Thunder

Em 10 de julho de 2019, Horford fechou contrato com o Philadelphia 76ers, assinando um acordo de quatro anos no valor de $ 97 milhões, incluindo $ 12 milhões em bônus.

Em 8 de dezembro de 2020, ele foi negociado com o Oklahoma City Thunder. No entanto, em 27 de março de 2021, o Thunder anunciou que Horford não jogaria mais pelo restante da temporada, concentrando-se no desenvolvimento de seus jogadores mais jovens.

Retorno ao Boston Celtics

Al Horford: história, NBA, vida pessoal e prêmios
Iconsport

Em junho de 2021, Horford foi negociado para o Boston Celtics em uma troca envolvendo o Oklahoma City Thunder.

Durante os playoffs de 2022, ele teve momentos importantes, incluindo um impressionante desempenho no Jogo 3 das semifinais da Conferência Leste, onde marcou 22 pontos e pegou 16 rebotes.

Dois dias depois, contribuiu com 30 pontos na vitória do Celtics no Jogo 4. Em maio, Horford alcançou um marco pessoal ao chegar às finais da NBA pela primeira vez em seus 15 anos de carreira, liderando os Celtics até lá.

No Jogo 1 das finais, ele teve uma atuação fenomenal, marcando 26 pontos e acertando seis arremessos de 3 pontos, estabelecendo um recorde para um estreante nas finais.

Embora os Celtics tenham liderado a série em um ponto, acabaram perdendo em seis jogos. Em dezembro de 2022, Horford renovou seu contrato com os Celtics por mais dois anos.

Vida pessoal de Al Horford

O pai de Horford, Tito Horford, também teve uma carreira no basquete. Tito, cujo pai era das Bahamas, jogou na Universidade do Estado da Luisiana e Miami antes de ser selecionado no draft da NBA de 1988.

Ele jogou por três anos na NBA e também no exterior. A mãe de Al Horford é Arelis Reynoso, e ele tem duas irmãs, Anna e Maria, e um irmão mais novo, Josh.

Al Horford casou-se com a vencedora do Miss Universo 2003, Amelia Vega, em Santo Domingo em 24 de dezembro de 2011, e o casal tem cinco filhos.

Prêmios

  • 5 vezes All Star da NBA: 2010, 2011, 2015, 2016 e 2018
  • Terceiro time do All Star: 2011
  • Time de defensores da NBA: 2018
  • Eleito o All Rookie team: 2008

Saiba mais sobre o Boston Celtics: