Antes de mais nada, Daniel Patrick Charles Maurice Nasri Tambayou simplesmente Patrick Tambay, é um ex-piloto de automóveis francês que atuou na Fórmula 1 sendo uma das estrelas da equipe da Ferrari. Acima de tudo, sua estreia aconteceu no ano de 1977, no GP da Grã-Bretanha, pela Ensign. Na ocasião, ele não terminou a prova.

O COMEÇO DA CARREIRA

No início de sua carreira, o francês fez parte da Fórmula 5000 com a equipe comandada por Carl Haas.

A EXPERIÊNCIA NA FÓRMULA 1

Em 1977, vencendo o campeonato Can Am com Haas, Tambay estreou na Fórmula 1 em uma base única com Surtees, pilotando em apenas uma sessão no Grande Prêmio da França de 1977 antes de passar o resto da temporada com Theodore.

Posteriormente, correu pela McLaren entre 1978 e 1979. Regressou à Fórmula 1 na equipe Theodore na temporada de 1981, marcando um ponto na prova inaugural do certame GP do Oeste dos Estados Unidos ficando lá até o GP da Espanha.

A partir do GP da França, migrou para a equipe Ligier. Em 1982, foi lhe oferecido um lugar na Ferrari depois da morte do canadense Gilles Villeneuve. Na Scuderia, venceu o GP da Alemanha daquele ano depois que Didier Pironi se acidentou. A sua segunda e última vitória foi em 1983, no GP de San Marino em Imola.

No ano de 1985, o piloto foi para a Renault. Com o dissolvimento da equipe francesa que retornaria em 2002, Tambay fechou com a equipe Haas Lola em 1986. O francês teve um acidente espetacular no GP de Mônaco.

Na volta 67, na disputa da 8ª posição, Tambay vai tentar ultrapassar Martin Brundle da Tyrrell na descida da Curva Mirabeau, mas o piloto inglês não facilitou. O carro de Tambay toca no de Brundle. O Lola-Ford nº 16 passou por cima do carro nº 3 do disputante fazendo um loopping completo indo bater na área de proteção da pista.

O piloto saiu do cockpit ileso, apesar do pavor da batida. Patrick Tambay marcou apenas dois pontos no campeonato com o 5º lugar no GP da Áustria. A sua última corrida na categoria foi o GP da Austrália em Adelaide, o encerramento do mundial.

CURIOSIDADES SOBRE PATRICK TAMBAY

Em 1977, seria campeão da Can-Am com a Haas-Hall. Dez anos depois, formou sua própria companhia de promoção de esportes na Suíça, mas desistiu dela em 1989 para retornar às corridas;

Em 1989, pilotou uma Jaguar no Sports-Prototype World Championship e conseguiu o 4º lugar nas 24 Horas de Le Mans.

Por fim, também participou de corridas no deserto, terminando duas vezes entre os três melhores do Paris-Dakar. Ainda assim, participou de corridas no gelo e na corrida de jet-ski Tour de Corse.

Foto destaque: Reprodução/ Globoesporte