Antes de mais nada, Luigi Musso é um ex-piloto de automóveis italiano que atuou na Fórmula 1 sendo uma das estrelas da equipe da Ferrari. Acima de tudo, sua estreia aconteceu no ano de 1953, no GP da Itália, pela Maserati. Na ocasião, ele terminou na 7ª colocação.

O COMEÇO DA CARREIRA DE LUIGI MUSSO

O italiano começou sua carreira como piloto de carros esportivos antes de estrear no circuito de Fórmula 1 em 1954, pilotando um Maserati. Em 1954 ele venceu a Coppa Acerbo, uma corrida de F1 não campeã. No GP da Holanda de 1955, Musso ficou em 3º em um Maserati.

A EXPERIÊNCIA NA FÓRMULA 1

No final da temporada de 1955, mudou-se para a Ferrari. Por lá, compartilhou a vitória no Grande Prêmio da Argentina de 1956 com Juan Manuel Fangio, mas sua temporada foi interrompida após um acidente em uma corrida de carros esportivos em Nürburgring.

Luigi triunfou em uma Ferrari 290 MM na corrida de carros esportivos da Cidade de Buenos Aires em 20 de janeiro de 1957. Foi o 3º piloto do carro. Stirling Moss terminou em 2º em um Maserati 300S ‘leve'.

Moss fez um último esforço para sua equipe no final, mas não conseguiu. Uma segunda Ferrari 290 MM, dirigida por Eugenio Castellotti, ficou em 3º. No mesmo ano, Musso ganhou o Grand Prix de la Marne.

Mais tarde naquele ano, o italiano dividiu uma Ferrari 412 MI de Fórmula 1 modificada de 4 litros com Phil Hill e Mike Hawthorn na 2ª Corrida de Dois Mundos no oval inclinado de Monza.

Os competidores terminaram em 3º lugar geral em um carro que deu lugar aos carros de corrida oval americanos construídos para esse fim.

A MORTE DE MUSSO

Musso foi fatalmente ferido durante o Grande Prêmio da França de 1958 em Reims, quando sua Ferrari saiu do curso na décima volta da corrida de 50 voltas.

Correndo para longe na complicada Curva de Gueux enquanto perseguia o líder, o também piloto da Ferrari Mike Hawthorn, bateu em uma vala e deu uma cambalhota.

Ainda assim, foi de avião para o hospital com ferimentos graves na cabeça, mas não resistiu.

CURIOSIDADES DE LUIGI MUSSO

Durante sua carreira na F1, Luigi Musso venceu um Grande Prêmio do Campeonato Mundial, alcançou sete pódios e marcou um total de 44 pontos no campeonato.

Foto destaque: Reprodução/ Autogaragem