Antes de mais nada, Jimmy Bryan é um ex-piloto de automóveis americano que atuou nas 500 milhas de Indianápolis sendo uma das estrelas da equipe da Epperly. Acima de tudo, sua estreia aconteceu no ano de 1951, no Indianápolis 500, pela Kuzma. Na ocasião, ele falhou na classificação.

O COMEÇO DA CARREIRA

A princípio, James Ernest Bryan nasceu em Phoenix, Arizona. Sua estreia como competidor aconteceu em 1951, na Indianápolis 500, pela Kuzma. No entanto, ele não se classificou. Nas temporadas de 1952 à 1960, ele competiu nas séries AAA e USAC Championship Car, incluindo a corrida anual das 500 milhas de Indianápolis. Como resultado, ele terminou entre os dez primeiros 54 vezes, com 23 vitórias.

A EXPERIÊNCIA NA INDIANÁPOLIS

Bryan ganhou o Indianápolis 500 de 1958, o AAA de 1954 e o Campeonato Nacional USAC de 1956 e 1957. Durante sua temporada de campeonato de 1957, também venceu a corrida inaugural da Corrida de Dois Mundos no Autódromo Nazionale Monza, Itália. Ainda assim, sua última entrada em Indianápolis aconteceu em 1960, quando terminou em 19º lugar.

PRÊMIOS NA CARREIRA

  • Nomeado no National Sprint Car Hall of Fame em 1994;
  • Indicado para o Motorsports Hall of Fame of America em 1999;
  • Colocado no International Motorsports Hall of Fame em 2001.

MORTE E LEGADO DE JIMMY BRYAN

Por fim, Jimmy faleceu após um acidente em uma corrida de Champ car na Langhorne Speedway em 1960. No mesmo dia em que dois pilotos morreram no Grande Prêmio da Bélgica , tornando o dia um dos mais trágicos da história do automobilismo.

Por muitos anos, uma das duas corridas do campeonato no Phoenix International Raceway foi uma corrida memorial dedicada a Bryan. Além disso, também foi homenageado em uma canção de Harry Weger intitulada “The Ballad of Jimmy Bryan“.

Foto destaque: Reprodução/ Flickr