Nascido em São Paulo, mas erradicado no Espírito Santo. Independente da origem, Paulo André, especialista nos 100m, já conquistou o mundo.

Um dos brasileiros mais rápido da atualidade já tem currículo de gente grande. Venceu Brasileiro, Pan-Americano e Mundial. O próximo passo? Por que não uma medalha olímpica? Talento ele tem de sobra!

Reunimos as principais informações de Paulo André para que você fique por dentro de sua excepcional história no atletismo. Boa leitura!

Quem é Paulo André?

paulo andre atletismo
Paulo é o brasileiro mais veloz da atualidade

Paulo André é um velocista brasileiro especialista em provas curtas. Ele nasceu em Santo André, São Paulo, no dia 20 de agosto de 1998, mas foi radicado em Vila Velha, no Espírito Santo, cidade onde cresceu, se desenvolveu e iniciou a carreira esportiva.

Com seus 24 anos é um dos principais corredores brasileiros na atualidade. Não é à toa que já faturou medalhas em campeonatos importantes e está cotado a participar da Olimpíada de Paris em 2024. Sua principal modalidade são os 100m rasos. A saber, chegou na semifinal da prova em Tóquio 2020.

Biografia de Paulo André

paulo andre
Paulista entrou no esporte através de um projeto social

Paulo André Camilo de Oliveira é filho de Carlos Camilo, ex-velocista que chegou a ser convocado para a Olimpíada de Los Angeles em 1984, mas que perdeu a competição por conta de uma lesão. Atualmente é professor de educação física e técnico de Paulo.

Inspirado pelo projeto Campeões do Futuro, iniciativa coordenada pelo pai em Vila Velha, o esportista pegou gosto pelas corridas desde moleque e começou a competir pelos torneios de base. A rotina era árdua: até os 15 anos, ele treinava em pistas de terra.

Com os resultados aparecendo e patrocinadores, aos poucos, sendo confirmados, Paulo ganhou notabilidade, estrutura para praticar e passou a disputar os principais campeonatos de atletismo, tanto do Brasil quanto do mundo.

Leia mais sobre atletismo:

Carreira de Paulo André

atletismo brasileiro
Velocista já reúne medalhas de peso na carreira

Em 2018, Paulo André teve sua primeira grande conquista como profissional: tempo de 10s02 nos 100m rasos, se tornando o segundo velocista brasileiro mais rápido da história. O primeiro lugar era de Robson Caetano (10s), mas marca batida por Eric Cardoso, em 2023.

Foi apenas o começo para o jovem corredor. Em 2019, uma temporada de ouro (literalmente). No Pan-Americano de Lima, no Peru, Paulo André faturou a douradinha no revezamento 4x100m e a prata nos 100m rasos.

Um mês depois, no Troféu Brasil, o atleta venceu a prova dos 100m pela quarta vez na carreira com direito a marca de 9s90. O tempo, no entanto, não foi homologado, pois o vento no dia da competição não estava dentro do permitido para a contabilização de recordes.

A cereja do bolo de 2019 aconteceu no Campeonato Mundial de Atletismo, em Doha, no Qatar. Junto com Rodrigo Pereira, Derick Souza e Jorge Vides, o quarteto da equipe brasileira confirmou o favoritismo e ficou com o ouro no revezamento 4x100m.

Já na sua primeira Olímpiada, em Tóquio 2021, Paulo André chegou até as semifinais, quando ficou com o 23º lugar em tempos. No evento inteiro, o velocista foi o 3º colocado na primeira disputa eliminatória e o 7º na sua semifinal, ficando fora da final. Seus tempos foram 10s17 e 10s31, respectivamente.

Assim, está no ciclo para competir pela segunda vez seguida no maior evento esportivo da modalidade, em Paris 2024.

Medalhas de Paulo André

  • 5x Ouro – Troféu Brasil (100m) – (2017, 2018, 2019, 2021 e 2023)
  • 3x Ouro – Troféu Brasil (4×100) – (2018, 2019 e 2021)
  • 2x Ouro – Jogos Universitários (100m e 200m) – (2019)
  • 2x Ouro – Campeonato Ibero-Americano (100m e 4×100) – (2018)
  • 1x Ouro – Jogos Militares (4×100) – (2019)
  • 1x Ouro – Mundial de Atletismo Doha (4×100)
  • 1x Ouro – Pan-Americano Lima (4×100) – (2019)
  • 1x Ouro – Campeonato Sul-Americano (4×100) – (2023)
  • 1x Ouro – IAAF World Relay (4×100) – (2019)
  • 1x Prata – Pan-Americano Lima (100m) – (2019)
  • 1x Prata – Campeonato Sul-Americano sub-20 (100m) – (2017)
  • 1x Prata – Campeonato Ibero-Americano (4×100) – (2016)

Recordes Pessoais

  • 100 metros – 10s02 – 2018
  • 100 metros – 9s90 – 2019 *
  • 200 metros 20s28 – 2019
  • Revezamento 4×100 metros – 37s72 – 2019
  • Revezamento 4×400 metros 3m08:15 – 2020

*resultado não validado por estar com vento a favor acima da norma.

Big Brother Brasil

O velocista participou da 22ª edição do programa de confinamento Big Brother Brasil, realizada em 2022. Paulo André foi vice-campeão do programa, com isso ficou 100 dias confinado, foi líder três vezes, anjo duas e superou cinco paredões.

Além disso, formou um dos grupos mais amados e odiados pelo público, ao lado de Pedro Scooby, Douglas Silva, Arthur Aguiar e Gustavo Marsengo. A popularidade o fez ter retorno nas plataformas digitais. No Brasil ainda foi indicado em categorias de prêmios de entretenimento: no SEC Awards, Estrela em Reality Show, Crush do Ano, no MTV Millennial Awards, Ícone MIAW , Vem Ni Mim, Dupla de Milhões e Realeza do Reality.

Agora você sabe tudo sobre a carreira de Paulo André! Mas não pare por aí. Continue lendo mais conteúdos esportivos. Falamos de todas as modalidades: