O arremesso de peso é um dos esportes mais tradicionais das Olimpíadas, fazendo parte da competição desde a sua primeira edição. Mesmo o Brasil não tendo muita tradição, é um esporte que chamou bastante a atenção nas últimas Olimpíadas de 2020, já que um brasileiro esteve bem perto de conquistar uma medalha.

História do arremesso de peso

Desde a Antiga Grécia há menções a arremessos de pesos. Homero cita competições de arremesso de pedras entre soldados gregos durante o cerco de Troia, mas não há registros de tais arremessos nos Jogos Olímpicos da Antiguidade.

O primeiro registro de competições de arremesso vem das Highlands, na Escócia, por volta do século I da Era Cristã. No século XVI, o rei Henrique VIII da Inglaterra participava de competições de lançamento de martelo na corte.

Eventos semelhantes ao arremesso de peso moderno surgiram na Idade Média, quando soldados competiam arremessando balas de canhão. No início do século XIX, escoceses organizavam torneios onde arremessavam cubos, pedras ou metais arredondados.

Os primeiros registros do arremesso de peso como o conhecemos hoje vêm da Escócia do início do século XIX e, posteriormente, se integraram ao Campeonato Britânico Amador de Atletismo em 1866.

Arremesso de peso nas Olimpíadas

O arremesso de peso faz parte dos Jogos Olímpicos desde Atenas 1896, mas só foi disputado por mulheres em Londres 1948. Os primeiros campeões olímpicos foram Robert Garrett, dos Estados Unidos, e Micheline Ostermeyer, da França.

O recorde mundial masculino pertence ao norte-americano Ryan Crouser (23,56 m) e o feminino à soviética Natalya Lisovskaya (22,63 m).

Brasil no Arremesso de peso

Como dito antes, o Brasil não tem muita tradição no arremesso de peso, mas na última olimpíadas, o brasileiro Darlan Romani chamou a atenção de todo o país.

Praticamente sem ter apoio no esporte, o atleta conseguiu terminar na quarta posição, a melhor do Brasil na modalidade e de quebra ainda tem a 10ª maior marca olímpica no esporte.

Além disso, vale destacar que em 2022 o brasileiro provou que poderia entregar mais. Assim, conquistou o título do Campeonato Mundial Indoor, derrotando o norte-americano Ryan Crouser, recordista mundial e olímpico.

Melhores marcas olímpicas do arremesso de peso masculino

Posição Marca Atleta País Medalha Local
1 23,30 m Ryan Crouser Estados Unidos Ouro Tóquio 2020
2 22,65 m Joe Kovacs Estados Unidos Prata Tóquio 2020
3 22,52 m Ryan Crouser Estados Unidos Ouro Rio 2016
4= 22,47 m Ulf Timmermann Alemanha Oriental Ouro Seul 1988
4= 22,47 m Tom Walsh Nova Zelândia Bronze Tóquio 2020
6 22,39 m Randy Barnes Estados Unidos Prata Seul 1988
7 22,05 m Ryan Crouser Estados Unidos Tóquio 2020
8 21,99 m Werner Günthör Suíça Bronze Seul 1988
9 21,89 m Tomasz Majewski Polônia Ouro Londres 2012
10 21,88 m Darlan Romani Brasil Tóquio 2020

Melhores marcas olímpicas do arremesso de peso feminino

Posição Marca Atleta País Medalha Local
1 22,41 m Ilona Briesenik Alemanha Oriental Ouro Moscou 1980
2 22,24 m Natalya Lisovskaya União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Ouro Seul 1988
3 21,42 m Svetlana Krachevskaya União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Prata Moscou 1980
4 21,20 m Margitta Pufe Alemanha Oriental Bronze Moscou 1980
5 21,16 m Ivanka Khristova Bulgária Ouro Montreal 1976
6 21,15 m Nunu Abashidze União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Moscou 1980
7 21,07 m Kathrin Neimke Alemanha Oriental Prata Seul 1988
8= 21,06 m Li Meisu China Bronze Seul 1988
8= 21,06 m Svetlana Krivelyova Equipa Unificada da Comunidade dos Estados Independentes Ouro Barcelona 1992
10 21,03 m Nadezhda Chizhova União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Ouro Munique 1972

Você ama outros esportes além do arremesso de peso? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Medalhistas olímpicos do arremesso de peso masculino

Jogos Ouro Prata Bronze
Atenas 1896 Robert Garrett (Estados Unidos) Miltiadis Gouskos (Grécia) Georgios Papasideris (Grécia)
Paris 1900 Richard Sheldon (Estados Unidos) Josiah McCracken (Estados Unidos) Robert Garrett (Estados Unidos)
St. Louis 1904 Ralph Rose (Estados Unidos) Wesley Coe (Estados Unidos) Lawrence Feuerbach (Estados Unidos)
Londres 1908 Ralph Rose (Estados Unidos) Denis Horgan (Grã-Bretanha) John Garrels (Estados Unidos)
Estocolmo 1912 Pat McDonald (Estados Unidos) Ralph Rose (Estados Unidos) Lawrence Whitney (Estados Unidos)
Antuérpia 1920 Cidade Pörhölä (Finlândia) Elmer Niklander (Finlândia) Harry Liversedge (Estados Unidos)
Paris 1924 Bud Houser (Estados Unidos) Glenn Hartranft (Estados Unidos) Ralph Hills (Estados Unidos)
Amsterdã 1928 John Kuck (Estados Unidos) Herman Brix (Estados Unidos) Emil Hirschfeld (Alemanha)
Los Angeles 1932 Leo Sexton (Estados Unidos) Harlow Rothert (Estados Unidos) František Douda (Tchecoslováquia)
Berlim 1936 Hans Woellke (Alemanha) Sulo Bärlund (Finlândia) Gerhard Stöck (Alemanha)
Londres 1948 Wilbur Thompson (Estados Unidos) Jim Delaney (Estados Unidos) Jim Fuchs (Estados Unidos)
Helsinque 1952 Parry O'Brien (Estados Unidos) Darrow Hooper (Estados Unidos) Jim Fuchs (Estados Unidos)
Melbourne 1956 Parry O'Brien (Estados Unidos) Bill Nieder (Estados Unidos) Jiří Skobla (Tchecoslováquia)
Roma 1960 Bill Nieder (Estados Unidos) Parry O'Brien (Estados Unidos) Dallas Long (Estados Unidos)
Tóquio 1964 Dallas Long (Estados Unidos) Randy Matson (Estados Unidos) Vilmos Varjú (Hungria)
Cidade do México 1968 Randy Matson (Estados Unidos) George Woods (Estados Unidos) Eduard Gushchin (União Soviética)
Munique 1972 Władysław Komar (Polônia) George Woods (Estados Unidos) Hartmut Briesenick (Alemanha Oriental)
Montreal 1976 Udo Beyer (Alemanha Oriental) Yevgeniy Mironov (União Soviética) Aleksandr Baryshnikov (União Soviética)
Moscou 1980 Vladimir Kiselev (União Soviética) Aleksandr Baryshnikov (União Soviética) Udo Beyer (Alemanha Oriental)
Los Angeles 1984 Alessandro Andrei (Itália) Mike Carter (Estados Unidos) Dave Laut (Estados Unidos)
Seul 1988 Ulf Timmermann (Alemanha Oriental) Randy Barnes (Estados Unidos) Werner Günthör (Suíça)
Barcelona 1992 Mike Stulce (Estados Unidos) Jim Doehring (Estados Unidos) Vyacheslav Lykho (Equipe Unificada)
Atlanta 1996 Randy Barnes (Estados Unidos) John Godina (Estados Unidos) Oleksandr Bagach (Ucrânia)
Sydney 2000 Arsi Harju (Finlândia) Adam Nelson (Estados Unidos) John Godina (Estados Unidos)
Atenas 2004 Adam Nelson (Estados Unidos) Joachim Olsen (Dinamarca) Manuel Martínez (Espanha)
Pequim 2008 Tomasz Majewski (Polônia) Christian Cantwell (Estados Unidos) Dylan Armstrong (Canadá)
Londres 2012 Tomasz Majewski (Polônia) David Storl (Alemanha) Reese Hoffa (Estados Unidos)
Rio de Janeiro 2016 Ryan Crouser (Estados Unidos) Joe Kovacs (Estados Unidos) Tom Walsh (Nova Zelândia)
Tóquio 2020 Ryan Crouser (Estados Unidos) Joe Kovacs (Estados Unidos) Tom Walsh (Nova Zelândia)

Maiores medalhistas olímpicos do arremesso de peso masculino

Posição Atleta Nação Olimpíadas Ouro Prata Bronze Total
1 Ralf Rosa Estados Unidos 1904–1912 2 1 0 3
Parry O’Brien Estados Unidos 1952–1960 2 1 0 3
3 Ryan Crouser Estados Unidos 2016-2020 2 0 0 2
Tomasz Majewski Polônia 2008–2012 2 0 0 2
5 Bill Nieder Estados Unidos 1956–1960 1 1 0 2
Randy Matson Estados Unidos 1964-1968 1 1 0 2
Randy Barnes Estados Unidos 1988–1996 1 1 0 2
Adam Nelson Estados Unidos 2000–2004 1 1 0 2
9 Roberto Garrett Estados Unidos 1896–1900 1 0 1 2
Dallas Long Estados Unidos 1960–1964 1 0 1 2
Udo Beyer Alemanha Oriental 1976–1980 1 0 1 2
12 Joe Kovacs Estados Unidos 2016-2020 0 2 0 2
George Woods Estados Unidos 1968–1972 0 2 0 2
14 Aleksandr Baryshnikov União Soviética 1976–1980 0 1 1 2
João Godina Estados Unidos 1996–2000 0 1 1 2
16 Tom Walsh Nova Zelândia 2016-2020 0 0 2 2
Jim Fuchs Estados Unidos 1948–1952 0 0 2 2

Medalhas do arremesso de peso masculino nas olimpíadas por país

Posição País Ouro Prata Bronze Total
1 Estados Unidos 19 20 12 51
2 Polônia 3 0 0 3
3 Finlândia 2 2 0 4
4 Alemanha Oriental 2 0 2 4
5 União Soviética 1 2 2 5
6 Alemanha 1 1 2 4
7 Itália 1 0 0 1
8 Grécia 0 1 1 2
9 Dinamarca 0 1 0 1
9 Grã-Bretanha 0 1 0 1
11 Checoslováquia 0 0 2 2
12 Bielorrússia 0 0 1 1
12 Hungria 0 0 1 1
12 Nova Zelândia 0 0 1 1
12 Espanha 0 0 1 1
12 Suíça 0 0 1 1
12 Ucrânia 0 0 1 1
12 Equipe Unificada 0 0 1 1

Medalhistas olímpicos do arremesso de peso feminino

Jogos Ouro Prata Bronze
Londres 1948 Micheline Ostermeyer (França) Amélia Piccinini (Itália) Ina Schäffer (Áustria)
Helsinque 1952 Galina Zybina (União Soviética) Marianne Werner (Alemanha) Klavdiya Tochenova (União Soviética)
Melbourne 1956 Tamara Tyshkevich (União Soviética) Galina Zybina (União Soviética) Marianne Werner (Equipe Unida da Alemanha)
Roma 1960 Tamara Press (União Soviética) Johanna Lüttge (Equipe Unida da Alemanha) Earlene Brown (Estados Unidos)
Tóquio 1964 Tamara Press (União Soviética) Renate Culmberger (Alemanha) Galina Zybina (União Soviética)
Cidade do México 1968 Margitta Gummel (Alemanha Oriental) Marita Lange (Alemanha Oriental) Nadezhda Chizhova (União Soviética)
Munique 1972 Nadezhda Chizhova (União Soviética) Margitta Gummel (Alemanha Oriental) Ivanka Khristova (Bulgária)
Montreal 1976 Ivanka Khristova (Bulgária) Nadezhda Chizhova (União Soviética) Helena Fibingerová (Tchecoslováquia)
Moscou 1980 Ilona Slupianek (Alemanha Oriental) Svetlana Krachevskaya (União Soviética) Margitta Pufe (Alemanha Oriental)
Los Angeles 1984 Claudia Losch (Alemanha Ocidental) Mihaela Loghin (Romênia) Gael Martin (Austrália)
Seul 1988 Natalya Lisovskaya (União Soviética) Kathrin Neimke (Alemanha Oriental) Li Meisu (China)
Barcelona 1992 Svetlana Krivelyova (Equipe Unificada) Huang Zhihong (China) Kathrin Neimke (Alemanha)
Atlanta 1996 Astrid Kumbernuss (Alemanha) Sui Xinmei (China) Irina Khudoroshkina (Rússia)
Sydney 2000 Yanina Karolchik (Bielorrússia) Larisa Peleshenko (Rússia) Astrid Kumbernuss (Alemanha)
Atenas 2004 Yumileidi Cumbá (Cuba) Nadine Kleinert (Alemanha) Não premiado
Pequim 2008 Valerie Vili (Nova Zelândia) Misleydis González (Cuba) Gong Lijiao (China)
Londres 2012 Valerie Adams (Nova Zelândia) Gong Lijiao (China) Li Ling (China)
Rio de Janeiro 2016 Michelle Carter (Estados Unidos) Valerie Adams (Nova Zelândia) Anita Márton (Hungria)
Tóquio 2020 Gong Lijiao (China) Raven Saunders (Estados Unidos) Valerie Adams (Nova Zelândia)

Maiores medalhistas olímpicos do arremesso de peso feminino

Classificação Atleta Nação Olimpíadas Ouro Prata Bronze Total
1 Valerie Adams Nova Zelândia 2008–2020 2 1 1 4
2 Tamara Press União Soviética 1960–1964 2 0 0 2
3 Galina Zybina União Soviética 1952–1964 1 1 1 3
3 Nadezhda Chizhova União Soviética 1968–1976 1 1 1 3
5 Margitta Gummel Alemanha Oriental 1968–1972 1 1 0 2
6 Ivanka Khristova Bulgária 1972–1976 1 0 1 2
6 Astrid Kumbernuss Alemanha 1996–2000 1 0 1 2
8 Marianne Werner Alemanha 1952–1956 0 1 1 2
8 Kathrin Neimke Alemanha Oriental 1988–1992 0 1 1 2

Medalhas do arremesso de peso feminino nas olimpíadas por país

Classificação Nação Ouro Prata Bronze Total
1 União Soviética 6 3 3 12
2 Alemanha Oriental 2 2 1 6
3 Nova Zelândia 2 1 1 4
4 Bielorrússia 1 1 1 3
5 Bulgária 1 0 1 2
5 Estados Unidos 1 1 1 3
7 Cuba 1 0 0 1
7 França 1 0 0 1
7 Equipe Unificada 1 0 0 1
7 Alemanha Ocidental 1 0 0 1
11 Alemanha 0 4 3 7
12 China 0 2 2 4
13 Rússia 0 2 1 3
14 Itália 0 1 0 1
14 Romênia 0 1 0 1
16 Austrália 0 0 1 1
16 Áustria 0 0 1 1
16 Checoslováquia 0 0 1 1

Aproveite para se aprofundar ainda mais no arremesso de peso com nossos outros conteúdos: