Neste sábado (23), aconteceu, nas instalações do UFC Apex, em Enterprise, Nevada, parte da Área Metropolitana de Las Vegas, Estados Unidos, o UFC Vegas 89.

Na luta principal, a brasileira, Amanda Ribas, perdeu a americana Rose Namajunas em decisão unânime dos juízes. Outros três brasileiros estiveram envolvidos em lutas do card preliminar. Ricardo Ramos perdeu Julian Erosa por finalização e Igor Severino foi desqualificado após morder André Lima. Confira todos os detalhes do resultado do UFC Vegas 89 hoje.

Confira o resultado do UFC Vegas 89 ao vivo hoje

Resultado do UFC no card principal

Namajunas venceu Ribas com decisão unânime dos juízes

1º round

No primeiro round do confronto, Ribas começou circulando e lançando chutes, enquanto Namajunas respondia com golpes diretos e precisos. Namajunas demonstrou eficácia em golpear o corpo de Ribas, enquanto ela tentava manter a movimentação e focava em chutes.

Apesar de Ribas conseguir derrubar Namajunas, não conseguiu manter a posição no chão, permitindo que a adversária se recuperasse e revertesse a posição. Namajunas então conseguiu terminar o round no controle, aplicando golpes curtos no solo até o final do round.

Com base na efetividade dos golpes e no controle da posição, Namajunas conquistou o primeiro round, demonstrando habilidade e precisão em sua performance.

2º round

No segundo round entre Ribas e Namajunas, a brasileira continuou lançando chutes enquanto a americana buscava golpes retos. Namajunas conectou um forte direto, seguido por uma combinação de Ribas, com a americana respondendo com contra-ataques certeiros.

Namajunas parecia mais eficaz em seus ataques e conseguiu uma queda, mas não conseguiu manter a posição, recebendo um golpe de joelho em seguida. Ribas tentou transições para finalizações no solo, mas Namajunas conseguiu evitar e terminar o round controlando a posição.

Com base na efetividade de seus golpes e controle no final do round, Namajunas levou a melhor e conquistou o segundo round.

3º round

Ribas tentou um chute, mas quase perdeu o equilíbrio. Um chute giratório não alcançou o alvo e Namajunas respondeu com um chute baixo e um cruzado de direita. A brasileira conseguiu derrubar Namajunas brevemente com um chute alto, mas depois recebeu um chute no corpo e um soco de esquerda.

Ambas as lutadoras se envolveram brevemente em um clinch no centro do octógono. Ribas tentou um soco giratório, mas não alcançou o alvo. Namajunas continuou a ter vantagem com seus punhos, conectando um sólido direto.

Com dois minutos restantes, Namajunas levou Ribas para a grade e evitou uma tentativa de queda, enquanto a brasileira conseguiu uma boa variação e colocou a americana em uma posição de controle. Ribas então avançou para meia guarda e desferiu cotoveladas e socos, enquanto Namajunas tentava se virar.

Nos segundos finais, Ribas conseguiu a posição nas costas de Namajunas. O round foi concedido a Ribas por 10-9.

4º round e final de luta

Nenhuma das mulheres está lançando muitos ataques ou se comprometendo muito. Ribas parece ser a lutadora mais determinada no momento. Namajunas conecta um longo jab seguido de um chute baixo. Um sólido direto de esquerda de Namajunas, seguido por um direto de direita logo depois.

Namajunas ataca o corpo de Ribas. Falta um minuto. Ela desfere golpes curtos e evita uma tentativa de triângulo. Pontuação de 10-9 para Namajunas no 4º round.

No quinto round, Ribas começou bem com chutes sólidos e as duas trocaram golpes no corpo. Namajunas desfere chutes no corpo. Ribas tem dificuldade para acertar seus socos e erra por pouco um chute rodado, ao final do último round, 10-9 para Namajunas.

Com decisão unânime dos juízes, Rose Namajunas vence a luta principal.

Williams venceu Justin Tafa por decisão unânime dos juízes

No primeiro round da luta, Williams começou agressivo com um direto certeiro, mas Tafa respondeu com uma combinação pesada. Apesar de um golpe forte de Tafa, Williams conseguiu derrubá-lo e dominar parcialmente o solo com cotoveladas afiadas. Tafa, no entanto, conseguiu se levantar, apenas para ser derrubado novamente por Williams, que buscou as costas do oponente.

No segundo round, ambos os lutadores continuaram trocando golpes sólidos, com Tafa mostrando agressividade e Williams demonstrando controle. Williams conseguiu levar Tafa ao chão novamente e aplicou uma série de golpes curtos enquanto controlava a posição.

Já no terceiro round, Tafa surpreendeu Williams com uma sequência de golpes que o deixou em apuros, forçando Williams a buscar desesperadamente uma queda. Williams conseguiu levar Tafa para o chão, mas ele mostrou resistência e não demonstrou interesse em se levantar, resultando em um fim de luta no solo. A vitória ficou com o americano por decisão unânime dos juízes.

Shahbazyan venceu AJ Dobson por nocaute técnico

No primeiro round do confronto, Dobson começou demonstrando agressividade com uma rápida combinação de golpes. Ambos os lutadores trocaram chutes baixos e mostraram mãos rápidas, mas sem conectar golpes limpos inicialmente.

Shahbazyan surpreendeu com um gancho preciso que abalou Dobson, que reagiu com um direto de direita que causou danos. Shahbazyan conseguiu reverter a situação, buscando uma queda e levando a luta para o chão, onde Dobson tentou resistir, mas o adversário continuou a lançar golpes perigosos.

Após uma troca de golpes, Shahbazyan conseguiu conectar um poderoso gancho de esquerda que deixou Dobson em uma situação vulnerável. Shahbazyan não hesitou em aproveitar a oportunidade, lançando uma série de golpes até o árbitro intervir e encerrar a luta.

Talbott venceu Saaiman por nocaute técnico

No primeiro round do confronto entre Talbott e Saaiman, Talbott começou avançando, enquanto Saaiman lançava chutes baixos em resposta. Ambos os lutadores trocaram golpes intensos, com destaque para os chutes no corpo do sul-africano e as combinações de boxe do americano.

Em um momento crucial, Talbott conectou um gancho preciso que derrubou Saaiman, mas ele rapidamente se recuperou e continuou a luta. Talbott continuou a pressionar, aplicando uma série de joelhadas, cotoveladas e socos, levando Saaiman a se defender e até mesmo a tentar uma queda.

No segundo round, Talbott demonstrou sua superioridade ao derrubar Saaiman novamente com um golpe certeiro. Desta vez, Talbott não deu chance para uma recuperação, seguindo Saaiman até o chão e desferindo golpes até a intervenção do árbitro, garantindo uma vitória impressionante.

Zalal venceu Quarantillo por finalização

No primeiro round do confronto entre Quarantillo e Zalal, ambos os lutadores começaram com uma troca de chutes baixos, enquanto Quarantillo demonstrou um jab sólido. No entanto, os pesados chutes baixos de Zalal mostraram um efeito visível, enquanto ele circulava e lançava golpes.

Zalal exibiu uma boa movimentação e precisão, conectando uma série de golpes eficazes, incluindo joelhadas e socos, enquanto Quarantillo tentava manter a pressão. Um poderoso golpe de joelho de Zalal causou problemas para Quarantillo, levando-o a avançar com combinações agressivas.

Em um momento decisivo, Zalal aplicou uma bela variação ao levar Quarantillo ao chão com um movimento impressionante, estabelecendo uma posição dominante na guarda. Apesar dos esforços de Quarantillo para se defender, Zalal continuou a pressionar, aplicando cotoveladas precisas e buscando finalizações.

No segundo round, Quarantillo tentou reverter a situação, lançando golpes poderosos, mas Zalal respondeu com eficácia, conseguindo mais uma vez levar a luta para o chão e aplicar um estrangulamento que garantiu a vitória por finalização.

Padilla vence Pajuelo com um estrangulamento

No início do confronto entre Pajuelo e Padilla, ambos os lutadores demonstraram cautela, trocando chutes baixos para testar a resistência um do outro. No entanto, foi Padilla quem conseguiu impor sua agressividade, conectando um golpe mais forte e mantendo uma distância segura.

À medida que Pajuelo avançava, Padilla respondeu, demonstrando sua habilidade em manter o oponente à distância. Um golpe pesado no corpo de Pajuelo marcou o início das hostilidades, mas Padilla não demorou a retaliar com uma série de chutes e golpes precisos.

Em um momento crucial, após uma combinação ofensiva de Pajuelo, Padilla contra-atacou com violência, derrubando-o com um golpe certeiro. Mesmo após o duro impacto, Pajuelo mostrou resiliência ao se levantar, mas Padilla aproveitou a oportunidade para aplicar um triangulo de mão, forçando o adversário a desistir.

Resultado do UFC no card preliminar

Ogden venceu Holobaugh com decisão unânime dos juízes

No confronto entre Holobaugh e Ogden, o primeiro round teve Holobaugh pressionando desde o começo, enquanto Ogden tentava manter a distância com seu jab preciso.

Entretanto, Ogden conseguiu uma vantagem ao aplicar uma guarda dupla, exercendo forte pressão e alternando entre ground-and-pound e controle nos ombros do adversário. Ao final do round, Ogden mostrou domínio, garantindo uma vitória neste round inicial.

No segundo round, ambos os lutadores trocaram golpes, com Holobaugh tentando pressionar e o adversário respondendo com eficácia, conectando chutes baixos e golpes precisos. Esse round também terminou com vitória de Ogden.

No terceiro e último round, Ogden continuou demonstrando superioridade, dominando com seu jab enquanto circulava e aplicava derrubadas eficazes. Ogden manteve o controle da luta até o final, garantindo sua vitória por decisão unânime dos juízes.

Erosa vence por finalização o brasileiro Ricardo Ramos

No emocionante confronto entre Ramos e Erosa, o primeiro round foi marcado por uma troca intensa de golpes desde o início. O brasileiro demonstrou agressividade com um chute baixo seguido de um jab preciso, enquanto Erosa retaliou com um gancho de esquerda.

No entanto, foi Ramos quem dominou o round ao conectar um duro 1-2 e derrubar Erosa com um overhand de direita, seguido por uma impressionante joelhada voadora. Embora Erosa tenha resistido bravamente, Ramos continuou a pressionar, aplicando golpes devastadores enquanto Erosa tentava se defender.

Num momento de virada surpreendente, Erosa conseguiu travar uma guilhotina, encerrando o round com uma finalização impressionante. Essa reviravolta dramática adicionou uma dose extra de emoção a um confronto já eletrizante. Dessa forma o americano conseguiu a vitória na luta.

Johns prevalece com uma performance dominante

No octógono, Johns e Gibson protagonizaram um confronto disputado, com ambos os demonstrando habilidade e determinação ao longo de três rounds intensos. No primeiro round, Johns começou com uma série de ataques precisos, enquanto Gibson buscava avançar e impor pressão.

Apesar dos esforços de Gibson, Johns conseguiu controlar a maior parte do round, conectando golpes eficazes e mantendo Gibson na defensiva. Com sua técnica afiada e agressividade calculada, Johns garantiu uma vantagem inicial importante. O mesmo aconteceu no segundo round.

No terceiro e último round, Johns manteve sua determinação e agressividade, pressionando Gibson com uma variedade de ataques e mantendo-o constantemente na defensiva. Apesar da exaustão evidente de ambos os lutadores, Johns conseguiu manter o controle da luta até o final, garantindo sua vitória por decisão unânime dos juízes.

Confronto intenso termina com vitória de Errens sobre Nguyen

No ringue, Errens e Nguyen travaram uma batalha intensa e implacável, com ambos os lutadores demonstrando determinação e habilidade ao longo de três rounds emocionantes. No primeiro round, uma série de trocas brutais de chutes baixos deu início a um confronto acirrado, com ambos buscando oportunidades para dominar.

Errens começou a pressionar com golpes poderosos, enquanto Nguyen respondia com combinações habilidosas. Ambos os lutadores mostraram resistência e agressividade, com Errens conseguindo uma ligeira vantagem ao final do round, marcando pontos importantes com seus ataques precisos.

No segundo round, Nguyen retaliou com golpes pesados, demonstrando sua determinação em virar o jogo a seu favor. No entanto, Errens permaneceu firme, contra-atacando com precisão e aproveitando as oportunidades para derrubar o adversário com golpes poderosos.

O terceiro e último round viu o holandês continuar sua pressão implacável, enquanto o americano tentava encontrar uma brecha para reverter a situação. Apesar dos esforços de Nguyen, Errens manteve o controle da luta, mostrando sua superioridade técnica e resistência até o final do confronto.

Com uma exibição impressionante e consistente, Errens garantiu a vitória por decisão unânime dos juízes, destacando-se como um adversário formidável e consolidando seu lugar entre os melhores na categoria. Enquanto isso, Nguyen mostrou coragem e habilidade, mas não conseguiu superar a determinação e o domínio do adversário neste confronto.

Zheleznyakova mostra domínio em uma vitória decisiva sobre Rendon

No octógono, Zheleznyakova e Rendon protagonizaram um duelo emocionante, com Zheleznyakova mostrando superioridade ao longo dos três rounds. No primeiro round, a russa começou com uma série de golpes precisos, demonstrando sua habilidade com um jab rígido seguido de um cruzado limpo.

Rendon, por sua vez, lutou bravamente, buscando oportunidades de contra-ataque, mas acabou sendo derrubada por Zheleznyakova, que conseguiu manter o controle da luta até o fim do round.

O segundo round viu Zheleznyakova continuando sua pressão constante, conectando uma série de combinações poderosas que mantiveram Rendon na defensiva. Apesar dos esforços da mexicana em buscar oportunidades de ataque, a russa permaneceu no controle, mostrando sua habilidade em dominar o centro do octógono e controlar o ritmo da luta.

No terceiro e último round, Zheleznyakova manteve sua estratégia agressiva, pressionando Rendon com jabs precisos e golpes ao corpo. Apesar dos esforços da mexicana em buscar uma reviravolta, a russa conseguiu se defender eficientemente contra as investidas de seu oponente, garantindo sua vitória por decisão unânime dos juízes.

Com uma exibição dominante e técnica, Zheleznyakova mostrou-se uma adversária formidável, garantindo uma vitória impressionante e consolidando seu lugar como uma das principais competidoras em sua categoria. Enquanto isso, Rendon mostrou coragem e determinação, mas não foi páreo para o domínio da adversária neste emocionante confronto no octógono.

Andre Lima vence após ser mordido por Igor Severino

O ringue foi palco de uma batalha intensa entre Severino e Lima, com ambos os lutadores demonstrando determinação e habilidade desde o início. No primeiro round, Severino iniciou com uma pressão constante, mas logo foi surpreendido pela resposta agressiva de Lima, que conseguiu derrubar Severino com uma chave de perna após uma série de trocas de golpes.

A luta continuou acirrada, com Severino e Lima se alternando em ataques e contra-ataques. Momentos de domínio foram vistos de ambos os lados, com Severino buscando levar a luta para o chão e Lima respondendo com golpes precisos e oportunidades de finalização.

No segundo round, a intensidade da luta aumentou ainda mais, com Lima demonstrando sua habilidade técnica ao conectar golpes poderosos e precisos. No entanto, o confronto foi interrompido de forma inesperada quando Lima alegou ter sido mordido por Severino durante um clinche, o que levou à desqualificação de Severino após a confirmação do médico.

Em decisão unânime dos juízes, Mick Parkin vence Mohammed Usman

Parkin dominou Usman em uma exibição de técnica e controle. No primeiro round, Parkin iniciou com foi para cima do adversário após o encontro no centro do ringue, aproveitando os momentos de proximidade para desferir golpes precisos.

Usman, por sua vez, manteve-se firme, dando jabs e buscando oportunidades para avançar. Parkin, no entanto, mostrou sua versatilidade, alternando entre golpes baixos e diretos com uma precisão impressionante.

No segundo round, ambos os lutadores tiveram uma troca de chutes baixos, com Parkin mostrando sua habilidade em manter a calma e encontrar aberturas em meio aos ataques de Usman.

Sua paciência e precisão se destacaram, enquanto Usman lutava para encontrar seu alcance, muitas vezes errando seus golpes e sendo alvo dos ataques precisos de Parkin.

No terceiro e último round, Parkin continuou a dominar, mantendo Usman à distância com jabs e ataques bem precisos. Apesar dos esforços de Usman para avançar, Parkin mostrou-se implacável, respondendo com contra-ataques precisos e golpes devastadores que mantiveram Usman em desvantagem.

No fim, foi uma exibição impressionante de habilidade e controle por parte de Parkin, que saiu vitorioso com uma performance consistente ao longo dos três rounds. Enquanto isso, Usman mostrou determinação e coragem, mas não conseguiu superar a técnica superior de seu adversário. Com isso, Parkin demonstrou ser um adversário formidável e conquistou uma vitória merecida neste combate emocionante.