Conheça a história da judoca gaúcha Mayra Aguiar, como começou no esporte, as participações e medalhas em Olimpíadas e Mundiais

Desde que iniciou sua trajetória no judô profissional, aos 14 anos, Mayra Aguiar demonstrou potencial para se tornar uma das maiores atletas do esporte brasileiro.

Com uma trajetória de medalhas olímpicas e títulos mundiais, ela confirmou que esse prognóstico estava correto.

Se você quer conhecer mais detalhes sobre a história de Mayra Aguiar, está no lugar certo!

Fique conosco e relembre a trajetória da judoca gaúcha desde os seus primeiros passos no tatame! 

Quem é Mayra Aguiar?

Quem é Mayra Aguiar
Mayra Aguiar foi a primeira mulher brasileira a conquistar duas medalhas olímpicas em esporte individual

Mayra Aguiar é uma judoca brasileira, bicampeã mundial e dona de duas medalhas de bronze em Olimpíadas na categoria meio-pesado. Os pódios alcançados em Londres 2012 e Rio 2016 fizeram com que ela se tornasse a primeira mulher do Brasil a conquistar duas medalhas olímpicas em um esporte individual.

A judoca tem ainda quatro medalhas em Jogos Pan-Americanos, sendo um ouro, conquistado na edição de Lima, em 2019, duas pratas e um bronze.

Nascida em 3 de agosto de 1991, em Porto Alegre, Mayra treina no Sogipa, clube da capital gaúcha.

Foi também em Porto Alegre que ela iniciou sua trajetória no judô. Confira mais detalhes dessa história logo abaixo!

Quando e como Mayra Aguiar começou no judô?

História de Mayra Aguiar
Mayra Aguiar foi medalhista de prata no Pan do Rio de 2007, após perder final para Ronda Rousey

Mayra Aguiar começou a lutar judô aos 6 anos. Logo em sua primeira competição, foi vice-campeã. Apesar de conquistar uma medalha de prata, a judoca relata que chorou muito e seus pais pensaram que ela desistiria do esporte. Porém, não foi essa a sua reação.

“Perdi a final e chorei muito. Quando parei de chorar, perguntei aos meus pais quando seria a próxima competição. Disse que, na próxima, eu conquistaria o ouro. Sempre gostei de competir e treinar e isso que me segurou no esporte”, destacou Mayra, em entrevista para a websérie “Ninguém nasce campeão”, da Rede Nacional do Esporte.

A gaúcha continuou se dedicando com afinco ao judô e se profissionalizou aos 14 anos. Apesar de ainda ser adolescente, ela conquistou uma vaga para defender o Brasil nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007.

“Eu percebi que me tornaria atleta profissional quando disputei o Pan-Americano do Rio de Janeiro. Vi aquela torcida toda gritando meu nome, a adrenalina, competindo com atletas muito fortes e dentro do meu país… Foi quando decidi que queria fazer isso para o resto da vida, porque era muito legal”, relembrou.

Logo em sua estreia nos Jogos Pan-Americanos, Mayra ficou com a medalha de prata. Na final, ela foi derrotada pela norte-americana Ronda Rousey, que mais tarde se tornaria uma das maiores atletas da história do UFC.

Um ano depois, no Campeonato Pan-Americano de Judô, Mayra Aguiar conquistou sua primeira medalha de ouro como atleta profissional. Relembre, a seguir, quais foram os principais títulos da judoca gaúcha!

Quais as principais conquistas de Mayra Aguiar?

Medalhas e títulos de Mayra Aguiar
A brasileira Mayra Aguiar é bicampeã mundial de judô

Entre as diversas conquistas que alcançou ao longo de sua carreira, Mayra Aguiar se tornou bicampeã mundial de judô. Ela levou as medalhas de ouro nas edições de Chelyabinsk, em 2014, e Budapeste, em 2017. 

Em Olimpíadas, Mayra Aguiar tem duas medalhas de bronze. Ela subiu ao pódio nos Jogos de Londres, em 2012, e do Rio de Janeiro, em 2016.

Anteriormente, a judoca brasileira havia representado o país na Olimpíada de Pequim, em 2008, quando tinha apenas 17 anos. Naquela oportunidade, foi eliminada na primeira luta.

Em Mundiais, além de dois ouros, Mayra tem uma medalha de prata e dois bronzes. Ela também foi campeã do Campeonato Mundial Júnior, disputado em Agadir, em 2010.

Nos Jogos Pan-Americanos, a gaúcha conquistou quatro medalhas. Nas edições do Rio de Janeiro, em 2007, e de Toronto, em 2015, ficou com a prata. Em Guadalajara, em 2011, foi medalhista de bronze. Já na edição de Lima, em 2019, levou seu primeiro ouro.

“Tudo acontece na hora certa. Era um objetivo meu. Sou muito feliz com todas as minhas conquistas. Saio do Pan satisfeita de ter lutado bem e ter dado meu melhor. O brinde foi ter vindo o ouro”, comentou após a conquista em Lima, com vitória sobre a cubana Kaliema Antomarchi.

No Campeonato Pan-Americano de Judô, Mayra Aguiar é hexacampeã. Ela tem também quatro medalhas de ouro em Grand Slams de Judô.

Veja, a seguir, as principais conquistas de Mayra até aqui!

Principais medalhas e títulos de Mayra Aguiar

  • Prata no Grand Slam de Dusseldorf 2020
  • Ouro nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019
  • Ouro no Grand Slam de Dusseldorf 2019
  • Bronze nos Jogos Olímpicos Rio 2016
  • Bronze nos Jogos Olímpicos Londres 2012
  • Ouro no Campeonato Mundial Budapeste 2017
  • Ouro no Campeonato Mundial Chelyabinsk 2014
  • Bronze no Campeonato Mundial Rio 2013
  • Bronze no Campeonato Mundial Paris 2011
  • Bronze nos Jogos Pan-Americanos Guadalajara 2011
  • Prata no Campeonato Mundial Tóquio 2010
  • Ouro no Campeonato Mundial Júnior (Sub 20) Agadir 2010
  • Hexacampeã Pan-Americana (2008, 2010, 2012, 2013, 2015 e 2019)
  • Ouro no World Masters Almaty 2012 e Tyumen 2013
  • Ouro nos Grand Slam de Paris (2012 e 2016), Tyumen 2014 e Rio 2011
  • Prata nos Jogos Pan-Americanos Rio de Janeiro 2007 e Toronto 2015

Vá além do Judô! Confira também conteúdos de outros esportes:

Curiosidades sobre Mayra Aguiar

  • Clube: Sogipa/RS
  • Técnica preferida: Kosoto-gari
  • Kumikata: Canhota
  • Peso: 78kg
  • Altura: 1,78m
  • Hobbies: Ir à praia e viajar
  • Ídolo no esporte: João Derly
  • Estilo musical favorito: MPB
  • Filme favorito: Coração de Cavaleiro
  • Prato favorito: Churrasco

Mayra Aguiar ainda persegue sua primeira medalha de ouro em Olimpíadas, para se juntar a Sarah Menezes e Rafaela Silva como as judocas brasileiras que chegaram ao lugar mais alto do pódio.

Uma nova chance para a gaúcha acontecerá nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Enquanto aguardamos pelas próximas lutas de Mayra, aproveite para ampliar seu conhecimento sobre judô:

*Última atualização em 27 de fevereiro de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin